Manaus 30º • Nublado
Sábado, 25 Junho 2022

Educação de qualidade: plante esta semente

Sempre que eu ouço o termo "a educação é a solução para todos os problemas da humanidade", fico realmente muito emocionada. De fato é a educação que pode mudar não somente uma realidade local, mas também a realidade global, porém temos um problema: apesar da educação ser um direito humano fundamental e indispensável, sofremos duras penas com a falta de qualidade na educação.

Já tem um tempo que eu aprendi que "se eu posso fazer, então que eu faça". A sociedade civil pode e deve contribuir para vencer este desafio... E a melhor forma de trazer este comprometimento, é associar à meta 4 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) – Educação de qualidade.

Só podemos empoderar as meninas, combater as mudanças climáticas, a desigualdade social e acabar com a pobreza extrema se todas as partes interessadas, incluindo as empresas, se comprometerem a avançar na meta da educação.

Embora as necessidades de educação global sejam imensas, as empresas podem alavancar os recursos e competências essenciais para apoiar os governos no cumprimento das promessas de educação para todos. Uma forte liderança empresarial pode ajudar a desbloquear os investimentos necessários para garantir oportunidades de aprendizagem de qualidade para todas as crianças e adultos.

Na coluna de hoje, o Instituto Soka, que também abraçou este ODS, nos orienta sobre formas de como contribuir com o desenvolvimento global através de ações práticas que ajudem na melhoria dos índices de educação. Eles também apresentam seu case com a Academia Ambiental, um espaço de discussão e práticas ambientais.

Foto: Divulgação/Instituto Soka

Instituto SOKA - meta 4.7 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) com a temática de educação ambiental 

Um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS) propõe educação de qualidade para assegurar a educação inclusiva,equitativa, que proporciona oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos. Este é um dos propósitos de atuação do Instituto Soka Amazônia.

Dentre as diversas metas no Objetivo 4 da Agenda 2030, a meta 4.7 inclui a temática de educação ambiental: "Até 2030, garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e habilidades necessárias para promover o desenvolvimento sustentável, inclusive, entre outros, por meio da educação para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida sustentáveis, direitos humanos, igualdade de gênero, promoção de cultura de paz e não violência, cidadania global e valorização da diversidade cultural e da contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável" (ONU, 2022).

Para o Instituto Soka, a educação ambiental não é exclusividade de um determinado público; todos que entram em contato têm chance de aprender sobre educação ambiental. Assim, criam-se oportunidades para os indivíduos se conectarem com o meio ambiente de diversas formas: numa aula ou palestra, numa simples visita à nossa Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) ou até numa expedição na floresta onde é possível colaborar com ribeirinhos e plantar uma muda.

Outra ação do Instituto é a conscientização e o engajamento ambiental por meio do envolvimento dos parceiros em processos de plantio. O ato de plantar uma árvore é uma experiência inesquecível, que cria um laço entre o ser e o meio ambiente. Projetos de plantio têm sido realizados em associação com escolas, instituições religiosas, empresas privadas e públicas. 

Foto: Divulgação/Instituto Soka
Especificamente sobre a Abordagem de Criação de Valor na educação ambiental, o idealizador do Instituto propôs "Quatro Passos para a Conscientização":


  • Aprendizagem


Aprender é essencial para adquirir uma compreensão e uma consciência mais profunda. É importante não apenas compreender as causas e a estrutura social que impulsionam a destruição ambiental, mas também aprender sobre a realidade daqueles que sofrem, ter compaixão por eles e estar atento à nossa interconexão.


  • Reflexão


Reflexão significa esclarecer os valores éticos de uma pessoa. A educação deve estimular a compreensão de como as questões ambientais estão relacionadas a nós e deve inspirar-nos a assumir a responsabilidade por nossas ações em nível global (Ikeda, 2002). O primeiro passo, aprendizagem, é fundamental para dar as ferramentas necessárias para o estudante fazer as escolhas livremente, com pensamento crítico através do exercício de reflexão.


  • Empoderamento


Empoderar significa agir com coragem e esperança, é um profundo comprometimento com o meio ambiente. O empoderamento não é um modo de vida passivo e dependente, no qual a vida de alguém está à mercê de mudanças das circunstâncias; é uma forma de vida contributiva, baseada na consciência da natureza interdependente de nossas vidas com o meio ambiente, na qual nos esforçamos ativamente para alcançar a felicidade, tanto para nós mesmos quanto para os outros (Ikeda, 2002).


  • Liderança


O empoderamento exerce liderança e gera transformação real na sociedade (Ikeda, 2012), por que um estudante empoderado inspira outros a agir, causa engajamento social e cria uma rede de colaboração. Assim, o aluno impacta sua comunidade, sua nação e o planeta, tornando-se um cidadão global.

Foto: Divulgação/Instituto Soka

Resumo

O constante exercício dos quatro passos para conscientização ilumina as capacidades do ser humano, o faz aprimorar novas habilidades, aprender e repensar valores e crenças, e ter a liberdade de fazer escolhas conscientes. Quando os alunos vivem uma vida de auto realização, eles transformam a sociedade, o meio ambiente e, no final, os alunos encontram a própria felicidade.

Sobre a autora

Marcya Lira é diretora na Fundação Rede Amazônica (FRAM) e pedagoga. Atua com o tema da Sustentabilidade desde 2014 e atualmente relaciona-se com empresas e organizações que prezam pelas boas práticas em consonância com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), além de gerir temas mais amplos como educação e inovação.

*O conteúdo é de responsabilidade da colunista


Veja mais notícias sobre Echos da Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 25 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/