Xamanismo moderno – moda ou necessidade da alma?

Entre a selva de pedras das grandes cidades existe um movimento que busca a reconexão com uma filosofia de vida nascida nas sociedades ancestrais e que intenta (re)integrar o homem à natureza e aos ciclos naturais da vida.

O xamanismo é uma filosofia de vida que ensina a lidar com as situações cotidianas a partir dos ensinamentos da natureza, nos faz lembra que somos a natureza e que estamos intimamente ligados a ela. Então, a observação dessa sabedoria ancestral passa a ser um caminho para o desenvolvimento e o equilíbrio pessoal e espiritual. 

Foto: Reprodução

A observação e o respeito aos ciclos naturais da vida são pontos centrais do estilo de vida xamânico. 

O que percebemos é que problemas são gerados pela não observação, o não entendimento e a não aceitação dos ciclos naturais da vida.

Se pensarmos, por exemplo, na ansiedade; Quem nunca sentiu uma crise de ansiedade? O estado de ansiedade brota quando não estamos conectados com o momento presente, ou seja, quando não respeitamos o ciclo natural do tempo e das coisas e começamos uma luta contra a realidade daquele momento. Nessas situações deixamos de viver o momento presente para viver “o depois”, as ilusões do que poderá acontecer e então sofremos.

Então, se não tenho consciência que tudo na vida acontece por ciclos naturais, posso ficar ansioso e sofrer querendo que a fruta amadureça antes do seu tempo natural. 

Se não observo os ciclos da vida, posso entrar em ansiedade e sofrer por achar que estou envelhecendo. Perceba que, nesse caso, o sofrimento só existe por uma visão parcial e distorcida da minha realidade. Como seria se nesse caso eu pensasse: “Nossa, estou entrando em um novo ciclo natural, um ciclo de maturidade e com ele me percebo mais sábio e ainda aprendendo mil coisas novas que essa fase natural da vida me traz.” Muda completamente a perspectiva não é, gente? Percebem que o ato de encarar as situações com a aceitação dos ciclos naturais pode nos fazer mais feliz?

Nós somos seres regidos pelos ciclos da natureza. Fazemos parte da natureza. Tudo no universo é cíclico. Precisamos tomar consciência disso, nos (re)integrar a essa verdade, e trazer isso para nossa vida cotidiana.

Se você não entender a beleza do nascer, crescer, envelhecer, morrer e renascer, vai fatalmente, entrar em ansiedade e sofrer. Vai fatalmente perder momentos valiosos de leveza e aprendizado simplesmente porque estará focado em um problema futuro (que ainda nem existe e talvez nunca venha a existir).

Foto: Reprodução

Para você que, nesse momento, está passando por um ciclo desafiador ou um momento difícil eu deixo um pouco da sabedoria de Chico Xavier que mantinha uma plaquinha a cabeceira de sua cama que dizia: “Isso também passa”.

E para você que, nesse momento, está em um ciclo de plena felicidade e abundancia eu deixo a mesma frase: “Isso também passa”.

Porque tudo é cíclico, tudo passa, momentos ruins passam e momentos bons passam também. Assim é a realidade. Então meu povo, aceita que dói menos e vamos fluir com os nossos ciclos naturais e vamos ser mais leves, e vamos ser mais felizes! 

Meu nome é mestre Dan e assim falei!

Ahooooooo!!!

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

‘Aurora Luzitana’: livro revela história dos portugueses maçônicos no Amazonas

Em mais de 400 páginas, com um exclusivo acervo de imagens, Abrahim Baze revela grande parte da história dos maçons lusitanos no Amazonas.

Leia também

Publicidade