Festival Literário do Acre lança 11 obras inéditas de artistas locais

Os livros foram escritos por 12 jovens acreanos, cujos trabalhos foram editados, registrados e publicados por meio do projeto.

A Academia de Letras Juvenil (Ajal) no Acre promove, a partir desta terça-feira, (25), a primeira edição do Festival Literário para Jovens Escritores que conta com uma semana literária nas escolas e espaços culturais de Rio Branco.

O projeto visa inserir no mercado editorial jovens residentes no Estado, por meio de intervenção artística e cultural, e da realização do Concurso Juvenal Antunes de Poesia como parte integrante do festival.

Durante o festival, ocorrerá o lançamento de 11 obras literárias, produzidas por 12 jovens escritores, cujos trabalhos foram editados, registrados e publicados por meio do projeto.

“A grande maioria dos escritores terá seu primeiro livro publicado. Além disso, no próximo sábado (29), estaremos promovendo a posse dos novos membros, parte deles advindos do interior do Estado, que preencherão as cadeiras da academia e darão continuidade ao trabalho desenvolvido de incentivo à leitura e à escrita no Acre”, explica o presidente da Ajal, Jakson Viana.

Foto: Divulgação

Aberta ao público, a Semana Literária pretende alcançar alunos de diferentes faixas etárias, que receberão exemplares das obras e autógrafo coletivo dos jovens autores, estimulando a leitura e a produção literária, com a participação de pesquisadores, professores, jornalistas e escritores do Acre.

O encerramento será no sábado (29), com o lançamento dos livros no Teatro Universitário da Universidade Federal do Acre (Ufac). O projeto foi aprovado pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM). A ação visa divulgar e incentivar a escrita jovem no estado para fomentar a cultura e a educação.

Concurso 

O Concurso Juvenal Antunes de Poesia será realizado dentro da programação e é voltado a poetas jovens e adultos, residentes no estado do Acre, que receberão premiação em dinheiro, troféus e diplomas.

O concurso terá duas categorias (infanto-juvenil e adulta) com temática livre, e visa estimular a descoberta de novos jovens talentos na poesia e também valorizar o trabalho de escritores de carreira.

Com a produção dos e-books, os inscritos no concurso poderão ver suas obras publicadas, o que irá estimulá-los ainda mais a seguir a carreira de escritores. Os e-books serão disponibilizados de forma gratuita a todo o público, facilitando o acesso à leitura. 

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Camu-camu é usado para enriquecer farinha de mandioca

Desidratados sob diferentes métodos tecnológicos, os resíduos agroindustriais de frutos de camu-camu, adicionados à farinha de mandioca, incrementaram significativamente os produtos finais.

Leia também

Publicidade