Manaus 30º • Nublado
Sábado, 02 Março 2024

Duelo da Fronteira: conheça a disputa tradicional entre os bumbás de Guajará-Mirim

Foto: Bruno Corsino Secom Rondônia

O Festival Folclórico da Pérola do Mamoré, conhecido como "Duelo da Fronteira", é uma tradição realizada em Guajará-Mirim (RO), criada em 1995. Tornou-se um dos maiores eventos culturais do Estado de Rondônia com a disputa entre os bois bumbás Flor do Campo e Malhadinho. O festival busca apresentar as heranças culturais tanto indígenas quanto caboclas, com danças, músicas e lendas.

O embate entre os bois bumbás tem esses nome, 'Duelo da Fronteira', porque a cidade de Guajará-Mirim está separada pelo rio Mamoré da cidade de Guayaramerín, na Bolívia, e ocorre à semelhança do Festival Folclórico de Parintins, no Amazonas.

Foto: Danilo Curado/Divulgação
Foto: Júnior Freitas/G1 Rondônia

O Boi Malhadinho foi criado em 1986 pelo casal Leonilso Muniz de Souza e Edilza Mendes de Souza. A ideia era ajudar na educação de crianças e adolescentes de forma lúdica e suas cores são azul e branco. O Boi Flor do Campo foi criado em 1988 com as cores vermelho e branco e o nome veio do Pará, com sua criadora, a professora Georgina Ramos da Costa.

A última edição do evento aconteceu em 2016, mas não houve disputa, pois o cantor e musicista Márcio Paz Menacho, de 45 anos, do boi bumbá Flor do Campo, foi morto com um tiro no rosto durante um assalto dois dias antes do festival. Nos anos seguintes, o duelo também não aconteceu, pois os representantes dos bois bumbás alegaram falta de recursos para a realização do festival.

Em 2020, já durante a pandemia, surgiu a ideia de realizar o festival pela primeira vez de forma online. Mas em 2023 o Duelo volta a acontecer de forma presencial, previsto para os dias 13 e 14 de outubro. 

Veja mais notícias sobre CulturaRondônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 02 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/