Manaus 30º • Nublado
Quarta, 29 Junho 2022

Saiba quais cidades-gêmeas são encontradas na Amazônia Internacional

fronteira-brasil-venezuela-Foto-Emily-Costa-G1RR

Por definição do Ministério da Integração Nacional, as cidades-gêmeas são áreas urbanas que possuem mais de 2 mil habitantes e ficam uma ao lado da outra, mas em países diferentes. Ou seja, são os municípios de fronteira que se integram, seja na economia, cultural ou socialmente.

Para serem consideradas cidades-gêmeas também é necessário que sejam serem cortados pela linha de fronteira (por terra ou fluvial) e que sinalize os limites de área de cada município. "A necessidade de se definir as cidades gêmeas ocorre porque há crescente demanda desses municípios por políticas públicas específicas por serem fronteiriços e importantes para a integração sul-americana", destaca a descrição do Ministério.

O Brasil já conta com mais de 30 municípios classificados como "cidades-gêmeas". Saiba quais deles fazem parte da Amazônia Internacional:

Acre

Assis Brasil (AC), Iñapari (Peru) e Bolpebra (Bolívia)

Brasiléia (AC),  Epitaciolândia (AC) e Cobija (Bolívia)

Santa Rosa do Purus (AC) e Ucayali (Peru)

Amapá

Oiapoque (AP) e Saint-Georges de l'Oyapock (Guiana Francesa)

Foto: Reprodução/Google Maps

Amazonas 

Tabatinga (AM) e Letícia (Colômbia).

Foto: Reprodução/Google Maps

Mato Grosso

Cáceres (MT) e San Matías (Bolívia)

Foto: Reprodução/Google Maps

Rondônia

Guajará-Mirim (RO) e Guayaramerin (Bolívia)

Foto: Reprodução/Google Maps

Roraima

Bonfim (RR) e Lethem (Guiana)

Pacaraima (RR) e Santa Elena (Venezuela) 

Veja mais notícias sobre Amazônia Internacional.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 29 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/