Manaus 30º • Nublado
Domingo, 17 Outubro 2021

Documentário "A Cheia Histórica do Rio Negro" participa de Festival Nacional

Garantir um mundo mais justo, sustentável e mais igualitário até o ano de 2030 é o princípio que norteou a aprovação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável pelos países-membros da Organização das Nações Unidas (ONU). Faltando menos de 10 anos para as nações prestarem conta desse compromisso, o Brasil recebe o maior evento sobre o tema já realizado nas Américas. 

No período de 9 a 13 de agosto de 2021, das 11h às 18h, o Festival Conhecendo os ODS Digital, detalha na prática o que empresas, governos, escolas, universidades e organizações da sociedade civil vêm fazendo para atingir as metas globais. E pra enriquecer essa história, o documentário "A Cheia Histórica do Rio Negro", que é uma produção amazonense, foi selecionado para participar através de um bate-papo do evento nacional.
Maria Paula Santos, produtora do documentário.

Com a mediação da jornalista e ativista Paulina Chamorro, a produtora do documentário, Maria Paula Santos ao lado do cientista político e colunista da CBN, Helso Ribeiro, participaram de uma conversa onde as questões audiovisuais do Amazonas, além do próprio fenômeno da cheia, foram destaques. 

Ligado as preocupações climáticas, o documentário que conversa com moradores, comerciantes de áreas alagadas e especialistas locais que estudam a cheia em sua dimensão natural e social, também contribuiu ao analisar os motivos históricos e alarmantes que nos trouxeram até o impacto do aumento dos níveis do rios em 2021.

A Cheia Histórica do Rio Negro

A participação será feita no ODS Play, que por sua vez é uma forma de prestigiar produções culturais voltadas para o tema do Festival. Com curadoria de Sylvio Rocha, da Tocha Filmes, o ODS Play vai mostrar filmes e documentários em um espaço que simula uma sala de cinema. A mediação de todas as conversas é feita pela Paulina Chamorro todos os dias do evento, das 17 às 18h, e então acontece o Happy Hour ODS Play, com bate-papo entre diretores, produtores, atores e o público. 

Sobre o documentário

O período de cheia nos rios da Amazônia é um fenômeno natural observado, estudado e sentido de perto pelos moradores e especialistas da região entre os meses de fevereiro e julho. Ele foi realizado entre os meses de maio e junho de 2021 durante a maior cheia do Rio Negro já registrada em 119 anos de medição, a marca alcançou 30,02 metros. Maria Paula ressalta a importância do fator humano em sua captação. "O principal objetivo do documentário é mostrar que a cheia é um fenômeno natural, você não pode controlar ele, mas ele é previsível, então, se a gente consegue prever o fenômeno, por que deixamos as pessoas passarem pela situação que passam? É tentar mostrar para elas que aquilo podia sim, ser evitado", afirma.

O documentário questiona a falta de políticas públicas por parte das autoridades e mostra uma perspectiva diferente, as consequências da cheia que atingem moradores da capital e interior do Amazonas. 

Sobre o Festival

Com o tema "Juntos unindo esforços para atingir os objetivos e não deixar ninguém para trás", especialmente na chamada "década da regeneração", o Festival apresenta mais de 30 atrações e, para proporcionar uma experiência transformadora ao público, investiu em um modelo de interação on-line ainda pouco conhecido em eventos realizados no país após o surgimento da Covid-19. Em uma plataforma interativa e desenvolvida exclusivamente para o evento, os participantes poderão circular virtualmente por todas as áreas do Festival, em um cenário que simula a experiência de estar ali presencialmente. Toda a programação é gratuita e o credenciamento para ter acesso ao evento podem ser encontrados no site www.conhecendo os ods.com.br.

Para atingir o objetivo de não deixar ninguém de fora da discussão sobre desenvolvimento sustentável, o Festival conta com o apoio institucional de importantes organizações como Rede Brasil do Pacto Global, Centro de Informações das Nações Unidas (Unic-Rio), Conservation International, Way Carbon, Capitalismo Consciente, Carbon Disclosure Project (CDP), Refúgio 343, One Young World, Rainforest Alliance, entre outras.

Serviço

O quê: Festival Conhecendo os ODS Digital

Quando: de 9 a 13 de agosto de 2021.

Horário: das 11h às 18h.

Onde: on-line em uma plataforma interativa e imersiva.

Quanto: Gratuito.

Credenciamento e Programação Completa:   www.conhecendoosods.com.br.

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 18 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/