Manaus 30º • Nublado
Sábado, 25 Junho 2022

Projeções de geração de empregos e oportunidades em 2022

A crise da Covid-19 gerou uma grande baixa na geração de novas vagas em 2020 e 2021. Nesse período, muitas empresas fecharam e outras ainda estão tentando se recuperar financeiramente. Entretanto, em 2022 a previsão de cenário é um pouco diferente, não pelo caos que pode surgir devido uma nova onda de infecções, mas sim pelo fato de que a maioria das empresas não vai mais parar, mesmo se houver proibições legais. Isso tende a ocorrer porque muitas delas sabem que não podem fechar novamente como ocorreu, principalmente, em 2020. No resumo geral, se isso vier a ocorrer (uma nova onda de infecções), haverá muitas brigas judiciais contra o fechamento de empresas.

Com essa realidade projetada para o ano de 2022, a tendência técnica é que novas vagas surjam nos mercados convencional e digital, principalmente. O convencional alimenta a geração de novas vagas tradicionais como operadores de produção, vendedores de loja e externos, assistente administrativos e técnicos para serviços específicos na indústria. O digital alimenta a geração de vagas de TI, desenvolvimento, manutenção e vendas digitais.

Nesse artigo vou listar as projeções para a geração de vagas, seja para contratações diretas ou via PJ (sem CLT).

Foto: Mohamed Hassan/Pixabay

Assistente virtual

Essa é uma nova função que surgiu depois da pandemia. O assistente virtual vem como uma tendência comportamental de profissionais quererem trabalhar em casa, sem que se desloquem para um escritório. Esse novo mundo foi descoberto e agora 5 a cada 10 profissionais alegam que não pretendem mais voltar para uma estrutura física.

O que essa função realmente faz? Tudo que se possa imaginar, retirando os trabalhos braçais como operador de produção, por exemplo, que requer a presença física. Muitos profissionais de áreas administrativas gerais e burocráticas estão se especializando nesse assunto, para assim, serem contratados para esse novo cargo.

O único risco nisso é que muitas empresas podem usar isso como forma de baratear a mão-de-obra de muitos profissionais. Exemplo: contratar um ex-gerente como assistente virtual. Se isso ocorrer de fato, poderá ser um momento muito negativo com os achatamentos salariais. Entretanto, com o surgimento dessa nova função, é muito provável que logo surja alguma categoria de classe para poder buscar a regulação dela. Assim, haverá piso salarial e definições de desvios de funções justamente para essa questão não acontecer.

Contratações interestaduais

Elas já são a realidade do momento. Se tratam de contratações de um estado para o outro. Por exemplo, um(a) amazonense sendo contratado(a) por uma empresa de Minas Gerais, sem haver a necessidade de ir para lá. Entre essas contratações se destacam funções de TI, desenvolvimento de softwares, sistemas supervisórios que podem ser comandados a distância e funções administrativas de DP, financeiro, contratuais e contábil.

Esse tipo de contratação é uma realidade daqui para frente porque muitas empresas começaram a fechar suas estruturas físicas, que são custosas, mudança a presença virtual. Sendo assim, é mais econômico e prático para o formato de trabalho. Além disso, reduz significativamente as ocorrências de atrasos causados por congestionamentos.

Vendas de produtos e serviços com o uso de robôs

As vendas automatizadas também tomarão conta dos negócios e mercado de trabalho nas próximas décadas. Se trata do uso de ferramentas de mídia digitais pagas com o foco na venda direta de produtos e serviços. É mais ou menos assim..... você está navegando num site de relacionamento social. De repente, aparece um anúncio divulgando a oferta de roupas e calçados, e logo abaixo aquele famoso "Saiba mais" ou "Compre agora".

Com baixo custo, é uma alternativa que muitas empresas estão buscando para poderem vender sem muito esforço operacional com o envolvimento de estrutura física, corpo de funcionários e custos operacionais como luz, telefone, limpeza e similares.

Dentro desse universo, as demandas que surgem são de profissionais especialistas em vendas, publicidade e marketing. Serão os especialistas responsáveis por fazerem essa engrenagem rodar. Para isso, é necessário ter conhecimento nas plataformas que esses produtos e serviços serão divulgados, criação de anúncio para o despertar de compra e outros detalhes específicos.

Sobre o autor

Flávio Guimarães é diretor da Guimarães Consultoria, Administrador de Empresas,Especializado em Negócios, Comportamento e Recursos Humanos, Comentarista de Carreira, Emprego eOportunidade dos Jornais Bom Dia Amazônia e Jornal do Amazonas 1ª Edição, CBN Amazônia, PortalAmazônia e Consultor em Avaliação/Reelaboração Curricular.

*O conteúdo é de responsabilidade do colunista 

Veja mais notícias sobre Eu Profissional.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 25 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/