Rodovias da Amazônia: conheça as estradas que integram a região

“Ocupar para não entregar”: esse era o lema dos governos militares brasileiros nas décadas de 1960 e 1970. 
 
 
 
“Ocupar para não entregar”: esse era o lema dos governos militares brasileiros nas décadas de 1960 e 1970. A intenção dos generais era integrar a região amazônica, até então distante e praticamente inacessível ao restante do país.
 

O principal meio para alcançar tal objetivo foi a construção de rodovias que prometiam cortar a Amazônia de Norte a Sul, de Leste a Oeste. Mais de 50 anos depois, essas construções ainda são motivos de polêmicas ambientais. Muitas se encontram total ou parcialmente abandonadas. Já outras não foram capaz de cumprir o papel de integração.

Conheça as principais rodovias que cortam a região mais verde do planeta:

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Lei determina governo de Rondônia ‘priorizar’ café robusta para consumo na administração pública

Lei publicada em junho já está em vigor. Em caso de descumprimento à norma, decisão deve ser fundamentada, aponta Seagri.

Leia também

Publicidade