Após 22 dias de apagão, energia elétrica é completamente restabelecida no Amapá, diz governo

Segundo transformador entrou em operação nesta terça-feira (24), três semanas após incêndio atingir a principal subestação do estado.

Um anúncio feito na manhã desta terça-feira (24) pela Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) aponta que após 22 dias de apagão, o fornecimento de energia elétrica foi normalizado em todo o Estado. O Ministério de Minas e Energia (MME)  também assegurou que 100% do fornecimento foi restabelecido.

“Na madrugada de hoje (24/11), às 3h30, foi energizado o segundo transformador na subestação Macapá, sendo possível restabelecer completamente o fornecimento de energia elétrica no estado do Amapá”, disse em nota.

O apagão no Amapá durou 22 dias. (Foto: Emiliano Capozoli/LMTE)

Ainda segundo o MME, houve a “energização de mais um transformador na subestação Macapá, transportado de Laranjal do Jari, que integra um conjunto de ações que vem sendo desenvolvidas. Com isso, o sistema elétrico do Amapá conta atualmente com o suprimento a partir de dois transformadores na subestação Macapá (que conecta o estado ao Sistema Interligado Nacional), da geração da usina hidrelétrica Coaracy Nunes e da geração térmica local instalada nesta semana”, acrescentou a nota.

Causa

Um transformador instalado na principal subestação do Estado, incendiou no dia 3 de novembro e as investigações seguem para se entender as causas do ocorrido.

Com um primeiro blecaute causado no dia 3 de novembro, a população amapaense ficou pelo menos 4 dias sem energia elétrica. Após isso, um novo apagão foi registrado no dia 17 de novembro e nesse período, intercalando idas e vindas no fornecimento elétrico.

Entre os prejuízos, o sistema de telecomunicação parou, os preços de alimentos e água se tornaram absurdos e a população se viu em meio a uma onda de protestos. Segundo a Polícia Militar (PM), mais de 120 protestos já haviam sido registrados. Além da violência, os comerciantes amargaram prejuízos pela falta da energia.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Saiba quais são as 9 construções mais antigas da Amazônia

Em cada cidade da Amazônia Legal existe ao menos uma construção que exala a história local a partir da colonização.

Leia também

Publicidade