Museu Amazônico oferece curso gratuito de audiovisual

Neste mês de janeiro, o Museu Amazônico oferece aos interessados um curso de audiovisual gratuito. A Oficina de Produção de Audiovisual (OPA) será realizada de 20 de janeiro a 28 de fevereiro, e tem como objetivo apresentar técnicas de produção audiovisual. As inscrições ocorrem até o dia 13/1, com a divulgação dos selecionados na quinta-feira, 16. O Museu fica localizado na Ramos Ferreira, 1036, Centro.


A OPA será ministrada pelo produtor Thiago Morais, e acontecerá sempre na segunda, quarta e sexta-feira, de 13h30 às 16h30. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (92) 3305-1181, ramal 2021, ou pelo WhatsApp 99468-8911.

Foto: Divulgação

As inscrições podem ser feitas por meio de formulário online, disponível aqui.
De acordo com Thiago Morais, o resultado dessa oficina envolve a produção de um filme realizado pelos próprios alunos, com o apoio da Divisão de Difusão Cultural do Museu Amazônico, que disponibilizará recursos técnicos como equipamentos de filmagem, edição e finalização dos filmes, além de contar com um auditório com capacidade para 40 pessoas, para exibição dos filmes. “Isso é uma forma de cooperar com o fomento desse tipo de produção e divulgar os trabalhos dos jovens talentos”, afirmou Thiago Morais.


Os filmes produzidos pelos alunos da oficina serão exibidos no dia 19 de junho, no evento OPA!Mostra de Curtas, em comemoração ao dia do cinema brasileiro.
O diretor do Museu Amazônico, Dysson Teles, entende que as iniciativas desse porte só fortalecem o papel da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e do Museu Amazônico, que é de se integrarem à sociedade, promovendo uma troca de saberes.

“Nos anos anteriores, a oficina foi desenvolvida no turno matutino, mas recebemos muitas mensagens de pessoas que tinham o interesse em participar e não tinham disponibilidade no horário da manhã. Elas pediam para abrir uma turma no horário da tarde e de preferência durante as férias, então decidimos oferecer o Curso de Férias este ano”, completou o diretor.


Sobre o instrutor


Graduado em Produção Audiovisual pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário do Norte (Uninorte), Thiago Morais atua no audiovisual desde 2003 como produtor e diretor de curtas-metragens, além de repórter cinematográfico, coordenador e colaborador em mostras e festivais e produtor audiovisual na Casa do Cinema da Secretaria de Estado da Cultura (SEC), de 2013 a 2017.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Entenda qual a função de um consulado e quais estão presentes nas capitais da Região Norte  

Os serviços prestados por um consulado são essenciais na diplomacia internacional, pois fornecem assistência e proteção aos cidadãos de um país em território estrangeiro.

Leia também

Publicidade