Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Segunda, 26 Outubro 2020

Número de focos de incêndio na Amazônia em 2020 é o maior desde 2010

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou dados que indicam o número de focos de incêndio registrados na Amazônia de janeiro a setembro deste ano é o maior desde 2010. Segundo os dados disponibilizados pela instituição, foram sinalizados naquele ano, 102,4 mil pontos de fogo na floresta de (1), de janeiro a (30), de setembro; em 2020, no mesmo período, foram 76.030.

Uma outra comparação que alertou ainda mais o Inpe foi que, em nove meses, o número de incêndios a Amazônia teve quase o mesmo número de focos que o registrado em todo o ano de 2019: 81,8 mil contra 89,1 mil vistos no ano passado.

Ainda segundo os dados do Inpe o mês de Setembro é, historicamente, o mês com mais focos de incêndio na floresta. Neste ano, houve 32.017 focos de incêndio na floresta do dia 1º a 30 de setembro – uma alta de 61% em relação a setembro de 2019. O número ficou um pouco abaixo da média histórica para o mês, que é de 32,8 mil focos.

O maior número de focos já registrados em setembro ocorreu em 2007, quando houve 73,1 mil pontos de fogo. O Inpe monitora os dados de queimadas em todos os biomas brasileiros desde 1998.

O mês passado foi, ainda, o pior na história em número de incêndios no Pantanal: foram 8,1 mil registros. O recorde mensal anterior era de 5,9 mil, de agosto de 2005.

Veja mais notícias sobre AmazôniaNotícias.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 26 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/