Manaus 30º • Nublado
Domingo, 21 Abril 2024

Marina Silva entra para o Top 10 de pessoas que ajudaram a moldar a ciência em 2023, da revista Nature

2023-12-21-feature-nature-s-ten_silva_thumb-1066x600-1

De um pioneiro da inteligência artificial, um arquiteto da missão lunar da Índia e o primeiro oficial do aquecimento global do mundo: a lista divulgada pela revista Nature, neste fim de ano, com as dez pessoas que ajudaram a moldar a ciência em 2023 é bem diversificada.

Dentre os nomes, está o da atual ministra brasileira do Meio Ambiente, Marina Silva. Descrita como "protetora da Amazônia" e colocada como uma das protagonistas que ajudaram a reverter o desmatamento desenfreado na região, o top 10 não contentou alguns.

Em comentários na postagem nas redes sociais da mundialmente conhecida Nature, alguns internautas criticam: "Manipulação ridícula"; enquanto outros, comemoram: "Orgulho demais! Pra todos nós brasileiros! É a política a serviço das pessoas e pela preservação da natureza".

Em agosto deste ano, Marina Silva anunciou  que houve uma queda de 43% nos alertas de desmatamento com base em imagens de satélite da floresta amazônica entre janeiro e julho de 2023, em comparação com o mesmo período de 2022.

A ministra também retomou o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAm), que o governo Bolsonaro havia extinguido. 

Além disso, restabeleceu o apoio ao policiamento da região para fazer cumprir as regulamentações ambientais. Entre janeiro e julho, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) emitiu 147% mais multas por crimes ambientais do que a média entre 2019 e 2022.

A revista destaca que no governo de Bolsonaro houve redução de 40% nas multas por crimes ambientais e a exploração madeireira na Amazônia aumentou cerca de 60% em comparação com os quatro anos anteriores.

A lista elaborada pela Nature ressalta o papel de pessoas que ajudaram a fazer descobertas na ciência e que chamaram atenção para questões cruciais. A própria revista explica que não se trata de um prêmio ou de um ranking, mas de uma seleção compilada pelos editores da Nature para destacar as histórias mais interessantes do ano.

Leia na íntegra: Protetora da Amazônia: a política brasileira que virou a maré do desmatamento

Confira a lista completa da Nature AQUI.


Veja mais notícias sobre AmazôniaMeio AmbienteAcre.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 21 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/