Manaus 30º • Nublado
Quinta, 21 Outubro 2021

Árvore que produz óleo de pau rosa passa por novo processo de extração

Extraído da árvore de mesmo nome, o óleo do Pau Rosa é famoso na indústria da perfumaria e também quando o assunto é medicina caseira. O linalol, substância extraída da planta, é usado como fixador de perfumes.

E é esse o principal ingrediente de perfumes franceses que, inclusive, ganharam fama e foram eternizados por estrelas como Marilyn Monroe.

Leia também:   Pau-rosa: o fixador de perfume da floresta amazônica

Linalol, substância extraída da planta, é usado como fixador de perfumes. — Foto: globo reporter

Mas a extração dessa essência quase levou o Pau Rosa a extinção. Estima-se que até 2002, cerca de dois milhões de árvore foram derrubadas em cerca de 10 milhões de hectares da Floresta Amazônica.

Leia também:   'Queridinho' dos perfumes: produção do óleo essencial de pau-rosa é foco de estudo na Amazônia

A árvore que já foi encontrada em toda a Amazônia, hoje só é possível ser vista em municípios, como, Parintins, Maués, Presidente Figueiredo e Novo Aripuanã.

E para manter as árvores em pé para as próximas gerações, empresários deram início à extração sustentável do óleo. A técnica que antes usava o tronco da espécie, hoje se debruça sobre as folhas, permitindo uma maior utilização da espécie.

Veja mais notícias sobre AmazôniaMeio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 21 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/