Pracuúba

Município amapaense que atraí turistas pela pesca esportiva e pela diversidade de sua fauna.

Foto: Reprodução/Governo do Amapá

Localizado na região central do Amapá, Pracuúba é o município a 280 quilômetros da capital, com acesso pela BR-156 e uma estrada de terra. Foi criado pela Lei Nº 004, de 1º de maio de 1992. Possui população estimada em 4.531 habitantes e uma área de 4.979,10 km². Faz limite com os municípios de Amapá, Calçoene, Tartarugalzinho e Ferreira Gomes.

A economia baseia-se no setor primário, com destaque para a pesca. Pracuúba se sobressai pela comercialização de diversas espécies de pescado, em especial a gurijuba, que, além da carne, produz a grude (a bexiga natatória), de grande valor de exportação por servir para fabricação de colas e até cosméticos. A agricultura é, ainda, voltada para a subsistência, com arroz, mandioca (farinha) e milho, e extrativismo, com o açaí. 

A atividade pesqueira é bastante frequente nos rios e igarapés do município, principalmente a pesca artesanal de espécies como pirarucu, trairão e tucunaré. Já a pecuária é um dos setores que mais impulsiona a economia do município, destacando-se na criação de bovinos e bubalinos. Grande parte do rebanho abastece os mercados de Macapá. 

À respeito das atividades turística da região, destaca-se a pesca esportiva, os passeios e banhos. Também é possível observar sua fauna diversificada, que conta com marrecos, patos do mato, jaburus, guarás, garças, dentre outros. 

*Com informações do Governo do Amapá

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Publicidade

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: o que é comida ‘remosa’?

Um estudo buscou promover uma revisão bibliográfica sobre o tema e propor uma hipótese teórica para o fenômeno.
Publicidade

Leia também

Publicidade