Pedra Branca do Amapari

Município que já foi chamado de ‘Eldorado do Amapá’, hoje atrai turistas com seus balneários.

Foto: Reprodução/Governo do Amapá

Pedra Branca do Amapari foi criada pela Lei 8/1992, de 1º de maio de 1992, e está localizado na região central do Estado, a 180 quilômetros de Macapá, com acesso pela rodovia BR-210, também conhecida como Perimetral Norte. Tem uma população estimada em 13.988 habitantes, concentrada na sede do município, e uma área de 9.877 km².

Em nível econômico, o município teve um desenvolvimento abrupto pelo recebimento de impostos provenientes da exploração mineral na região, em especial do ouro e minério de ferro. Hoje, esse setor que já fez de Pedra Branca ser chamada de “Eldorado” do Amapá, decresceu considerando-se a diminuição das visitas a cidade, comparado a outras décadas.  Atualmente, a economia se sustenta principalmente através do funcionalismo público, do comércio e de serviços. 

Apesar da diminuição da pungente economia fomentada pela extração mineral, a cidade vem desenvolvendo a infraestrutura urbana, especialmente dos prédios públicos, na última década. A agricultura está representada pela produção de cultura de subsistência ou culturas alimentares, principalmente arroz, banana, feijão, milho e mandioca. A mandioca destaca-se entre as demais culturas e destina-se basicamente para a produção de farinha, comercializada na capital.

Quanto ao turismo, destacam-se  balneários que atraem grande número de visitantes durante o período de estiagem no Amapá; as grandes áreas de florestas, propícias ao turismo de aventura; as várias cachoeiras da região; e a da Serra do Tumucumaque, um dos pontos mais altos do Estado. Também concentra diversas comunidades indígenas.

* Com informações do Governo do Amapá 

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Publicidade

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: o que é comida ‘remosa’?

Um estudo buscou promover uma revisão bibliográfica sobre o tema e propor uma hipótese teórica para o fenômeno.
Publicidade

Leia também

Publicidade