Manaus 30º • Nublado
Quinta, 22 Fevereiro 2024

Aru

Foto: Reprodução/Funbio

O fenômeno chamado de 'aru' é uma intensa friagem que ocorre geralmente em alguns dias de maio e junho, quando a temperatura no rio Negro, por exemplo, costuma cair durante a alta enchente

Nele, são formadas camadas de vapor por conta do processo de devolução das águas da chuva à atmosfera, ocasionada pela própria floresta amazônica - processo conhecido como evapotranspiração. 

Chuvas finíssimas ou 'serenos' caem na forma de uma névoa que cobre toda a paisagem, impedindo, inclusive, de não se poder ver a outra margem dos rios mesmo durante o dia. O nevoeiro que se desenvolve costuma se dissipar durante o dia.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), estima-se que uma árvores de 10 metros de diâmetro pode produzir mais de 300 litros de água por dia, e uma árvore com o dobro do tamanho, por sua vez, pode bombear para a atmosfera mais de 1.000 litros de água por dia.

O termo "aru" é usado em nheengatu, mas pode ter sido uma incorporação de alguma língua arawak do passado.

*Com informações do Inpa e da Revista Aru (revista de pesquisa intercultural da bacia do Rio Negro, editada no Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental)

Veja mais notícias sobre Amazônia de A à ZA.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 22 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/