Justiça converte prisão de José Melo e ex-secretários do Amazonas em domiciliar

O ex-governador do Amazonas cassado, José Melo (PROS), deve ser liberado do Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM II) ainda nesta quarta-feira (27), para cumprir a nova decisão que anula a prorrogação da prisão temporária. As informações são da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Melo foi preso na terceira fase da operação Maus Caminhos em Manaus (AM), suspeito de participar de um esquema de desvio de verbas da saúde.
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

‘Aurora Luzitana’: livro revela história dos portugueses maçônicos no Amazonas

Em mais de 400 páginas, com um exclusivo acervo de imagens, Abrahim Baze revela grande parte da história dos maçons lusitanos no Amazonas.

Leia também

Publicidade