Saiba quem é Frederico Chimiti: Presidente da ADAPA e Embaixador do “Amazônia Que Eu Quero” no Pará

Frederico Chimiti Junior, presidente da Associação de Distribuidores Atacadistas do Estado do Pará (ADAPA), está se destacando não apenas como líder empresarial, mas também como um defensor da preservação da Amazônia. Ele é um dos embaixadores do programa “Amazônia Que Eu Quero” em Belém do Pará, desempenhando um papel crucial na conscientização e mobilização da sociedade para questões ambientais na região.

“Esse projeto visa integrar e desenvolver a Amazônia através da promoção da educação, exercício da cidadania e garantia da democracia. E como nós acreditamos firmemente que a educação é o primeiro passo para a conscientização e a transformação social de uma forma global, aceitamos nos unir ao projeto.”, destacou o embaixador.

Com uma trajetória sólida no setor atacadista e uma visão estratégica para o desenvolvimento econômico sustentável, Frederico Chimiti Junior tem liderado a ADAPA de forma exemplar, promovendo não apenas o crescimento do setor, mas também a responsabilidade ambiental entre os associados e parceiros comerciais.

“O apoio, a união e o engajamento de cada um de nós dá aos empresários do segmento, sempre nos levaram a grandes resultados, que impactaram positivamente a sociedade, com as ações do Instituto ADAPA. E será fundamental também nessa jornada do “Amazônica que eu quero”. Juntos, podemos fazer a diferença e construir um futuro mais sustentável e próspero para todos.” destacou o embaixador.

Nesta quarta-feira (15), a cidade de Belém recebe o segundo painel da nova temporada do programa “Amazônia que Eu Quero”. O evento acontece no auditório FAEPA, localizado no Palácio da Agricultura, às 19h, com debates sobre as potencialidades da Amêndoa do Cacau Paraense na Bioeconomia e a cadeia produtiva do açaí. Entre os painelistas estão, Fernando Mendes, pesquisador da CEPLAC especialista em cacau, Ângela Sicília, chef de cozinha e Camila Miranda, responsável pela Política de Bioeconomia e Projetos Especiais na Secretaria de Meio Ambiente do Pará (Semas), abordará as ações governamentais e o papel do Parque de Bioeconomia na região. 

Sobre o Amazônia Que Eu Quero:
Concebido em 2018, o Programa ‘Amazônia Que eu Quero’ é uma iniciativa da Fundação Rede Amazônica e Grupo Rede Amazônica que tem por objetivo promover a educação política por meio da interação entre os principais agentes e setores da sociedade, além do levantamento de informações junto aos gestores públicos e da participação ativa da população, por meio de câmaras temáticas estabelecidas pelo programa, como foi o caso da edição de 2023 que discutiu três eixos centrais Educação, Turismo e Conectividade no contexto Amazônico. 

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: o que é comida ‘remosa’?

Um estudo buscou promover uma revisão bibliográfica sobre o tema e propor uma hipótese teórica para o fenômeno.

Leia também

Publicidade