Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 11 Abril 2021

2020 vai acabar

photo-1591174425156-fd472f354be4

Fiquei bastante tempo sem escrever por aqui. Não sei quantos sentiram minha falta, mas volto com uma mensagem de esperança.

Esse ano vai acabar. 2020 vai terminando. Reconheço que para alguns - apesar da crise e abrindo um enorme parêntese – o ano foi positivo. A pandemia acelerou projetos, forçou mudanças e abriu algumas portas para determinados setores da nossa economia.

Desde o começo dessa crise, vimos uma enorme disposição em adaptação e negócios sendo obrigados a acelerar o processo de digitalização. Quem não estava conectado, passou a contar com mais uma linha de comunicação com os clientes. E, além disso, passou a perceber a demanda e forma de consumo de um jeito diferente.

Não é fácil. O mundo muda cada vez mais rápido. E a necessidade de se tornar mais atualizado é peça chave na construção e perpetuação de negócios e ideias. 

Foto: Ron/Unsplash

Algumas pessoas acreditam que a mudança no calendário traz automaticamente uma quebra nos problemas, apaga o retrospecto negativo e torna tudo mais promissor.

Confesso que não sou um desses. Penso que acabamos nos apegando em algumas superstições e que isso agrega muito pouco na nossa responsabilidade. Até acho que isso está mais para uma muleta do que uma verdade.

A virada do ano não tem nenhuma mágica. O calendário recomeça. E com isso, temos os novos dias para fazer o que devemos fazer. Novos dias para assumir nossa responsabilidade e colocar em prática novas atividades, novas tarefas e novos desafios.

Sei também que há uma expectativa por causa da vacina, do fim das restrições e da volta ao "normal". Que já sabemos que será um pouco diferente do que estávamos acostumados antes.

O que quero dizer mesmo é: se prepare! Se o seu 2020 foi difícil, trouxe resultados ruins e atrapalhou o seu projeto de empreender. Não deixe que isso contamine sua visão para o próximo ano.

Claro que nem tudo está na nossa mão. Mas o que eu sei que você pode colocar em prática é:

  1. Faça um planejamento estratégico. Ancore suas expectativas junto com uma visão mais realista da situação. Olhe para o ano de forma integral. Projete resultados para cada mês. Monitore datas especiais e a sazonalidade em cada mês.
  2. Crie uma rotina. Pense nas tarefas necessárias para fazer o seu negócio crescer. Ou o que fazer para tirar o projeto do papel.
  3. Busque inspiração e o desenvolvimento de novas habilidades para se tornar alguém mais completo. Procure pessoas que possam te ajudar, orientar e guiar ao longo da sua trajetória empreendedora.
  4. Persiga as oportunidades de crescimento. Não se acomode. Mesmo que você já tenha um negócio estabilizado, busque melhorar o que já existe.

Pequenas tarefas, mas que trazem um desafio. Não precisa complicar para ter um resultado melhor. Mas tem que colocar a mão na massa. 


O conteúdo do texto é de inteira responsabilidade do(a) autor(a) e não reflete, necessariamente, a posição do Portal Amazônia.

Veja mais notícias sobre O Jeito Baré de Empreender.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 11 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/