Manaus 30º • Nublado
Quinta, 22 Fevereiro 2024

'Doutores da Amazônia': livro conta trajetória de projeto que nasceu em Rondônia

Com quase 10 anos de existência, os Doutores da Amazônia levaram atendimento de saúde especializados à dezenas de povos indígenas espalhados pela Amazônia Legal. Toda essa trajetória, que nasceu em Rondônia, é retratada no livro 'Levante e Lute'.

O projeto 'Levante e Lute' tem o objetivo de falar sobre a importância de apoiar populações em situação de vulnerabilidade. Parte da verba arrecada será destinada a apoiadores e o restante distribuído em instituições voltadas ao fortalecimento à causa indígena.

A obra foi escrita pela jornalista Ana Augusta Rocha como voz do Dr. Caio Machado. As fotografias são de Cassandra Cury. Exemplares serão distribuídos em escolas e instituições com o objetivo de falar sobre a importância de iniciativas voltadas às comunidades em vulnerabilidade.

ONG Doutores da Amazônia leva atendimentos médicos á comunidades na Amazônia. Foto: Cassandra Cury/Doutores da Amazônia

Quem são os Doutores da Amazônia? 

A associação foi fundada em 2015 em Rondônia – local onde há o maior número de pontos de atuação do projeto – incluindo o Distrito de Nazaré, Reserva Extrativista Lago do Cuniã, Aldeia Paiter Suruí, Aldeia Uru-eu-wau-wau, Aldeia Amondawa e Aldeia Ykolen.

O Doutores da Amazônia é composto por mais de 600 voluntários, que atuam em diferentes áreas: medicina, enfermaria e psicologia. Eles oferecem atendimentos médicos gratuitos com diversas especialidades, desde oftalmologia, clínicos gerais e pediatras até serviços odontológicos. Mais de 80 mil indígenas foram beneficiados com doações, em oito Estados da Amazônia Legal.

Sinopse

A jornada coletiva da iniciativa Doutores da Amazônia começou com "um chamado" que mudou a vida de Caio Machado. Inicialmente um jovem sem perspectivas, ele encontrou sua vocação e determinação para levar a saúde de qualidade a comunidades carentes. Em uma missão em Rondônia, no período de 2013 para 2014, Caio vivenciou uma situação única: a enchente histórica do Rio Madeira, que transformou completamente o cenário, inundando casas e o posto de saúde da comunidade onde ele seria voluntário.

Em menos de um ano, Doutores da Amazônia mobilizou uma grande equipe de voluntários. A parceria com a Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé representou um marco histórico no voluntariado médico, levando equipamentos de alta tecnologia para comunidades e aldeias, demonstrando que atendimentos de qualidade podem ser oferecidos em regiões remotas.  

Veja mais notícias sobre SaúdeRondônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 22 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/