Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 31 Outubro 2020

República Popular sobe ao palco no primeiro dia do Festival NEMA, em Manaus

República Popular sobe ao palco no primeiro dia do Festival NEMA, em Manaus
E nesta sexta-feira (17) começou a 6ª edição do Festival Nossa Energia Move a Amazônia (NEMA), em Manaus.

Neste primeiro dia a programação de abertura foi o NEMA Talk, um painel de negócios que trouxe reconhecidos profissionais para ser debatida a temática: como ser um empreendedor no setor cultural.
  
Foto: William Costa / Portal Amazônia

Fizeram parte da discussão, o produtor cultural e músico Luciano Balen, o jornalista Lúcio Ribeiro, Karla Ollie, coordenadora de shows na gravadora Som Livre, Wanessa Leal, Jornalista e produtora cultural, além do maestro amazonense Paulo Marinho, que contabiliza várias premiações em festivais de músicas, e que falou da importância do empreendedorismo para a música.

" É muito importante a gente entender o que está acontecendo no mercado. Poder pegar o exemplo de outras pessoas, e trazer para tua realidade, pois as vezes quando você não tem referência, você não sabe para onde vai. Então, é preciso ter a referência, buscar e aperfeiçoar. Encontrar o seu próprio perfil, acreditar, lapidar e perseverar", disse.

O Festival ainda dispõe de outros espaços para negócios, como uma feira onde é possível encontrar jóias, flores, artesanato, bazar, além de produtos característicos da região.
Foto: William Costa / Portal Amazônia
  
A expositora Hellen Souza, fala da possibilidade de se fazer negócios na feira. " É uma vitrine, pois alcançamos um público muito grande, principalmente no pós-evento, pois temos o incentivo da economia criativa, e isso é muito importante para todos nós", disse.

No Palco NEMA, a atração que abriu o Festival foi a banda de rock and roll República Popular, que nasceu em Manaus, e lançou o seu primeiro CD em 2015. Igor Lobo, vocalista e violonista  do grupo falou das novidades da banda.

"A gente lança o clipe da música Não Vem Me Falar do Amor, que está em fase de finalização, em janeiro. O vídeo ia sair agora, mas fechamos uma parceria com um grande produtor do cenário nacional e estamos reformulando algumas coisas, e por isso adiamos, mas vem algo bem especial por aí", disse.
Foto: William Costa / Portal Amazônia

Na sequência, a cantora amazonense Márcia Novo subiu ao palco e apresentou uma parte do novo trabalho, o Beira Beat, uma mistura de beiradão com beats eletrônicos.
" A gente tá vindo cheio de novidades, essa pegada eletrônica, é um caminho novo na minha sonoridades, mas sem perder a coisa do regional", disse.
Foto: Clarissa Bacellar / CBN Amazônia 
Entre o público, e com amigos estava a turismóloga Ligia Baia, que aguardava ansiosa pela apresentação da banda Alaidenegão.
"Eu acho uma banda sensacional, que está crescendo e arrastando multidões. A iniciativa do evento é muito legal, pois é difícil termos eventos culturais em Manaus, e quando acontece, é algo diferente, são 3 dias e várias bandas, e isso é muito bom", disse.
Foto: William Costa / Portal Amazônia

Também esteve no palco, dentre as grandes bandas locais, a Luneta Mágica que vem ganhando espaço no cenário nacional, sendo recentemente convidada para o Lollapalooza, e conta um pouco da história da banda e trabalhos futuros.

"Começamos em 2011, quando consolidamos uma formação. Hoje estamos com 3 discos lançados, dois autorais e um com a parceria de artistas nacionais. E caminhamos para o próximo CD autoral com uma grande gravadora. Buscamos fazer as coisas com maturidade, para que possamos crescer, circulando em festivais nacionais pois projetam artistas e nós estamos caminhando", concluiu.
Foto: William Costa / Portal Amazônia

O Festival NEMA continua neste sábado (18) com várias atrações musicais, como o Mezatrio (AM), Fleeting Circus (RJ), Capela (SP), Os Tucumanus (AM) e outros, e no domingo (19) sobem ao palco Wanderley Andrade (PA), Alderia (AM), Ventre (RJ) e Mombojó (PE).

O Espaço de Gastronomia e a Feira de Negócios, o Espaço Kids e os painéis do NEMA Talks seguem até domingo. A programação começa a partir das 16h.Entrada custa R$5,00, e ingressos podem ser adquiridos na portaria da Arena da Amazônia, local do evento.Para saber mais, acesse: www.moveamazonia.com.br

Veja mais notícias sobre Variedades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 31 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/