Manaus 30º • Nublado
Sábado, 27 Novembro 2021

Senado aprova projeto que antecipa redução das emissões de gases de efeito estufa para 2025

Senado aprova projeto que antecipa redução das emissões de gases de efeito estufa para 2025

Senadores aprovaram na última quarta-feira (20) a antecipação da meta de redução das emissões de gases de efeito estufa. A decisão do projeto foi antecipada em 5 anos, em uma votação simbólica. O projeto deverá diminuir as emissões em 43% até 2025 e em 50% no ano de 2030 no Brasil.

De autoria da senadora Kátia Abreu (PP-TO), a expectativa da parlamentar é que a tramitação seja concluída antes da cúpula do clima, a COP26, que será realizada nos dias 31 de outubro a 12 de novembro, em Glasgow, na Escócia.

Para alcançar a redução, a proposta sugere que o governo crie um regulamento que inclua obrigatoriamente, ações e instrumentos para eliminação do desmatamento ilegal e promoção da agropecuária sustentável. O texto ainda precisa ser analisado pela Câmara.

Em seguida, o governo deverá comunicar o novo compromisso nacional voluntário junto à Convenção do Clima, o tratado internacional que tem como objetivo estabilizar as concentrações de gases de efeito estufa na atmosfera.

Foto: Reprodução / Getty Images

 Em abril, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a Cúpula do Clima, comprometeu-se em alcançar a neutralidade climática até 2050 e acabar com o desmatamento ilegal até 2030.

Kátia argumenta que devido a derrubada ilegal na Amazônia, existe uma resistência da União Europeia em validar o acordo comercial com o Mercosul. De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia, a estimativa preveem um crescimento do PIB brasileiro em US$ 87,5 bilhões em 15 anos, após a homologação do acordo, podendo chegar a US$ 125 bilhões, com aumento de investimento da ordem US$ 113 bilhões.

Durante a COP26, o Brasil deve tentar negociar um aumento no valor prometido por países mais desenvolvidos, para financiar a transição ambiental dos países não desenvolvidos.

A promessa foi de mobilizar US$ 100 bilhões por ano, valor que pode ser maior, de acordo com o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite. Segundo o ministro, o Brasil não vai impor aumento de financiamento como condição para obtenção de acordos.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 27 Novembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/