Manaus 30º • Nublado
Terça, 05 Março 2024

Greenpeace divulga imagens inéditas de queimadas na Amazônia; apesar de queda no desmatamento, focos de calor estão aumentando

GP0STX8ZZ
Monitoramento de Desmatamento e Queimadas na Amazônia em Agosto de 2023. Foto: Marizilda Cruppe/Greenpeace

Novas imagens divulgadas hoje pelo Greenpeace Brasil mostram que, apesar da queda significativa do desmatamento na Amazônia neste ano, a floresta ainda queima em ritmo alarmante. 

Foram registrados 15.744 focos de incêndio na Amazônia em 2023, um aumento de 5,3% em relação ao mesmo período do ano passado. As queimadas se concentram principalmente nos Estados do Mato Grosso, Maranhão e Pará, onde o agronegócio mais avança no bioma.
Monitoramento de Desmatamento e Queimadas na Amazônia em Agosto de 2023. 

Segundo Rômulo Batista, porta-voz do Greenpeace Brasil, "essas novas imagens deixam claro que, além de monitorar e controlar o desmatamento na Amazônia, o governo também deve investir em medidas para prevenir incêndios florestais na região. Uma estação mais seca, combinada com um El Niño mais forte, está criando o cenário perfeito para o aumento das queimadas na Amazônia. Este é um momento crucial para o futuro do planeta - o poder público deve implementar um plano de ação integrado que reconheça os impactos da crise climática e foque não apenas em acabar com as queimadas, mas também em responsabilizar quem destrói a floresta".

Monitoramento de Desmatamento e Queimadas na Amazônia em Agosto de 2023. 


Muitos são os fatores que podem estar contribuindo para o aumento do número de queimadas na Amazônia. Além da influência do El Niño, o desmatamento disparou nos últimos anos. As queimadas de 2023 estão sendo identificadas em áreas já desmatadas no passado, como parte do processo de limpeza para novas pastagens e plantações.


Monitoramento de Desmatamento e Queimadas na Amazônia em Agosto de 2023. 


Todos os anos, o Greenpeace Brasil monitora e documenta as queimadas e o desmatamento na Amazônia. A floresta tropical é vital na luta contra as crises do clima e da biodiversidade que se desenrolam no mundo. O Brasil deve sair de um modelo econômico baseado na destruição dos recursos naturais para um sistema que valorize a floresta em pé, os direitos e conhecimentos ancestrais dos povos indígenas e comunidades tradicionais e promova a justiça social. 


Monitoramento de Desmatamento e Queimadas na Amazônia em Agosto de 2023. 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 05 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/