Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 11 Agosto 2020

'Estrada da Morte' no Peru ameaça cortar terras de tribos isoladas no meio

'Estrada da Morte' no Peru ameaça cortar terras de tribos isoladas no meio
Foto: David Hill/Survival
Uma nova 'estrada da mortedefendida por um padre italiano famoso irá cortar no meio a terra de diversas tribos isoladas no coração da Fronteira Isolada Amazônica. Quem chama a atenção para a situação é organização Survival International. Segundo a entidade, a estrada deve ser aprovada pelo Congresso Peruano em breve, e se estenderá ao longo de 270 quilômetros de áreas protegidas biodiversas e sensíveis da Amazônia.

O projeto foi apoiado por anos pelo Padre Miguel Piovesan, um padre católico que descreveu os povos indígenas locais como “pré-históricos,” e criticou ONGs internacionais por manifestarem-se contra os planos.

A estrada foi rejeitada pelo Congresso Peruano em 2012. Apesar disso, a construção continuou ilegalmente por muitos anos e agora o projeto foi proposto novamente pelo deputado Carlos Tubino.

As tribos isoladas são os povos mais vulneráveis do planeta. Estima-se que existam cerca de 15 povos indígenas isolados no Peru, muitos deles vivendo na região onde a estrada será construída.

A Survival International enviou uma reclamação às Nações Unidas, mencionando o impacto catastrófico que a estrada terá nos indígenas isolados e pedindo que o governo peruano vete o plano.

Das 3-4,000 pessoas vivendo na área, cerca de 80% são indígenas. A maioria deles é contra a construção da estrada.

Emilio Montes, presidente da organização indígena FECONAPU, com sede em Puerto Esperanza disse: “Não aceitamos esse tipo de projeto, rechaçamos fortemente. Os indígenas não se beneficiam com isso, só os madeireiros, garimpeiros e companhias petrolíferas ilegais, e também os narcotraficantes. Isso atenta contra a vida dos nossos irmãos isolados como os Mashco Piro. Depreda nossos recursos naturais como flora e fauna. Eles deveriam respeitar nosso território ancestral, onde vivemos desde sempre e (também) para o futuro de nossos filhos. Necessitamos outro tipo de desenvolvimento que gerencia nossos recursos de maneira sustentável, para assim vivermos em vida plena, e também para o nosso futuro.”

O diretor da Survival, Stephen Corry, disse: “Se a estrada for construída, ela destruirá as tribos isoladas, e seu “desenvolvimento” será exterminado para sempre. A Survival luta contra a construção de estradas nessa parte da Amazônia há décadas. Essas estradas ajudam a quem? Se o Peru tem qualquer respeito pelos direitos humanos fundamentais e pelo Estado de direito, ele deve parar essas planos imediatamente.”

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 11 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection