Manaus 30º • Nublado
Domingo, 29 Janeiro 2023

Biólogo acreano faz registro de ave rara na Serra do Divisor

Biólogo acreano faz registro de ave rara na Serra do Divisor
A ave choca-do-acre, que só existe na região do Parque Nacional da Serra do Divisor, localizado no extremo oeste do estado, no Vale Juruá, fronteira com o Peru, foi flagrada pela lente de uma câmera pela segunda vez. O clique foi feito pelo ornitólogo e biólogo da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) Ricardo Plácido, durante expedição realizada no início deste mês.

A ave foi batizada cientificamente como Thamnophilus divisorius, em homenagem ao local onde foi encontrada. Sua primeira aparição foi em 1994, mas somente em 2004 ela foi descrita e apresentada oficialmente. Desde então, mais ninguém havia tentado desbravar outras informações sobre a espécie.
Choca-do-Acre foi clicada durante uma expedição. Foto: Ricardo Plácido/Sema
Plácido relata como foi o encontro. “Segui minha intuição de pesquisador para fazer o registro. Sabia-se,  apenas, que a espécie havia sido avistada em uma parte exclusiva da Serra, e fomos à sua procura”, contou.

A expedição foi montada no intuito de localizar a choca-do-acre e abrir informações para o público praticante de birdwatching [observação de aves], como parte do plano estratégico da Sema de fomento da atividade na região do Juruá. “A pesquisa foi um sucesso. Descobrimos a localização da espécie e como ela pode ser registrada fotograficamente sem maiores impactos.  Divulguei as primeiras imagens da choca na comunidade de observadores de aves brasileira, que ganhou destaque”, frisou Ricardo. 
A ave foi batizada cientificamente como Thamnophilus Divisorius. Foto: Ricardo Plácido/Sema
Repercussão

Por se tratar de espécie endêmica – quando ocorre somente em uma determinada área ou região geográfica -, as imagens da choca-do-acre, fêmea e macho, repercutiram e foram classificadas como um dos registros mais importantes do ano. No site wikiaves é possível encontrar as imagens de Plácido e acessar mais informações sobre a espécie.

Ecoturismo

O ecoturismo no Acre tem crescido nos últimos anos, fruto dos investimentos do governo do Estado. De agosto a outubro deste ano, cerca de 20 observadores de aves estiveram no estado, gerando uma movimentação econômica de cerca de R$ 50 mil. No Brasil existem mais de duas mil espécies de aves, e mais de 710 estão no Acre.

A descoberta da localização dessa espécie rara vai aumentar o fluxo de turistas e pesquisadores na região, gerando aquecimento da economia local e preservação da natureza. “Além da choca-do-acre, diversas outras aves, com grau de raridade e beleza importantes e atrativas para a prática de observação, foram localizadas e registradas. Elas vão compor um catálogo das espécies que podem ser encontradas na região”, destacou Ricardo Plácido, responsável pelo fomento da atividade de observação de aves no estado.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 29 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/