Manaus 30º • Nublado
Quinta, 30 Junho 2022

II Semana da Saúde na Aleam começa com exposição e Mesa Redonda

A abertura da II Semana da Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), nesta terça-feira (26), contou com o início da exposição dos quadros produzidos pelo servidor da Casa, Edmar Monte, que tem a doença de Parkinson. Em seguida, aconteceu Mesa Redonda com o tema 'Cuidados com a saúde física e mental do servidor', no Miniplenário Cônego Azevedo. Esta segunda edição da Semana da Saúde é realizada numa parceria entre as Diretorias de Saúde, Assistência Social e Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

O servidor, que tem a doença de Parkinson, recorda que começou a pintar como hobby, sendo uma terapia após a descoberta da doença de Parkinson. "Sentia que precisava fazer algo para forçar a minha coordenação motora. Foi então, que com as pinturas percebi melhor os meus movimentos, que acabaram virando manifestações artísticas em telas. O hobby foi virando um hábito, que virou uma atividade onde pude elaborar meus próprios traços. Poder compartilhar minha arte com meus colegas de tantos anos é maravilhoso, assim como ter o apoio da Casa para mostrar meus quadros", explicou.

Segundo a diretora de Assistência Social, Jandira Moura, a programação deste ano tem como objetivo a conscientização sobre os cuidados preventivos com a saúde física e mental. Em referência ao Dia Mundial de Conscientização da Doença de Parkinson, celebrado em 11 de abril, a programação também abriu espaço para o tema. "O servidor efetivo da Casa, Edmar Monte, foi diagnosticado com Parkinson há três anos e transformou o diagnóstico numa história de superação. Por essa razão foi convidado a expor suas telas", disse.

Foto: Hudson Braga/Aleam

Mesa redonda 

Após o início da exposição, uma Mesa Redonda tratou sobre a relação entre a saúde física e mental dos servidores. Teve a presença do diretor de Saúde da Casa, médico Arnoldo Andrade; diretora de Assistência Social, Jandira Moura; diretor de Recursos Humanos, Robson de Almeida; diretora de Escola do Legislativo, Geanne Valente; professor Alexsandre Pereira Barbosa, coordenador de Esportes e a médica nutróloga Nélia Mendonça.

O diretor Arnoldo Andrade falou sobre as doenças relacionadas à cognição e à saúde mental, como a demência e a doença de Parkinson, por exemplo. "A Assembleia está seguindo com atenção à saúde mental, tendência mundial de reconhecer e prevenir doenças mentais, que podem modificar relações e afetar o relacionamento interpessoal no ambiente familiar e trabalho", afirmou.

A integração entre as diretorias foi o assunto debatido pelo diretor Robson de Almeida. Ele enfatizou que é a principal marca da gestão do presidente Roberto Cidade (UB). "A integração entre as diretorias nos permite contribuir e deixar resultados para os servidores. Esta semana é justamente para integrar as nossas ações com atividades para melhorar o dia a dia dos servidores", declarou.

Da mesma forma, Geanne Valente falou sobre a importância desta unidade, entre o corpo diretor para a condução da Assembleia e também com o público externo. "Temos percebido a necessidade de estar mais próximo das famílias afetadas. Por isso, a Escola criou a semana, em parceria com as diretorias envolvidas. Este ano temos o lançamento das obras de um servidor desta Casa", explicou, lembrando que os temas desenvolvidos são em consonância com a presidência da Aleam.

Esporte na saúde

A influência positiva da atividade física na saúde, para além da estética foi o assunto do coordenador da Diretoria de Esportes, Alexsandre Barbosa. "Hoje, a educação física não se limita apenas ao apelo estético, sendo importante para prevenção e tratamento de doenças", afirmou, aconselhando a prática regular de exercícios de forma orientada.

Por fim, a nutróloga Nélia Mendonça fez uma relação corpo-mente, como reflexo dos hábitos na vida das pessoas. "Se a mente da gente está bem, é meio caminho andado para a boa saúde. Por exemplo, dormir mal, afeta negativamente a saúde mental, sendo uma receita para ficar doente, assim como comer muito antes de dormir, porque afeta a qualidade do sono", destacou, apontando que os pilares da saúde são o exercício constante, a alimentação saudável e sono regular.


Veja mais notícias sobre Especial Publicitário.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 30 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/