Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Segunda, 01 Junho 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

UEA e USP traçam estratégias para projetos de apoio ao Amazonas pós-pandemia

64724-1

O reitor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Cleinaldo Costa, participou de uma teleconferência nesta quinta-feira, (21), com os professores gestores da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP) juntamente com a direção do Programa de Doutorado Interinstitucional (DINTER) da UEA. Em pauta, as ações de enfrentamento à Covid-19 e o enfrentamento da crise sanitária, econômica e social no contexto de pós-pandemia em São Paulo e no Amazonas.

Reunião UEA e FEA/USP. (Foto:Divulgação/UEA)


O reitor falou ainda sobre o cenário da pandemia em São Paulo e Manaus.

"São dois estados que têm sofrido muito essa provação coletiva, aqui no nosso estado sobretudo por conta das questões sociais que, naturalmente, exacerbaram a medida de um cenário muito adverso. A questão do planejamento foi outro gravíssimo obstáculo quando surge um fenômeno dessa natureza, e tenho convicção que o fato de hoje termos 22 doutorandos se qualificando num cenário em busca de respostas permanentes e de qualificar a universidade como um repositório de informação de qualidade, certamente será visto com bons olhos pelo governo do estado e quem mais necessitar embarcar inteligência nos seus processos", disse.

A UEA centralizou as atividades na Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA) onde diversas atividades vêm sendo realizadas no enfrentamento a Covid-19. Entre as ações, está o teste rápido para o coronavírus, realizado por alunos e professores da UEA em profissionais de saúde, inscritos pelo aplicativo SASI e o chat bot /telessaúde, que orientam médicos e população em geral em todo o estado.

Um dos moderadores da roda de conversa, Jacques Marcovitch, professor emérito da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP), enfatizou a colaboração entre as duas instituições e anunciou um projeto que poderá ajudar no retorno das atividades econômicas pós-pandemia, por meio da piscicultura.


"Estamos preparando uma proposta de pesquisa sobre a cadeia produtiva da piscicultura no estado do Amazonas num projeto de colaboração Fapeam e Fapesp. Gostaríamos muito que a UEA fosse uma parceira nesse projeto que tem ênfase no Pirarucu. Peço que nesse momento sejamos solidários com as famílias que perderam seus entes e principalmente apoiar os filhos. Devemos ter uma preocupação muito grande com a educação dos descendentes que vem de famílias que perderam o pai, a mãe, algum parente por causa da Covid-19".


Dinter UEA e FEA/USP

Ao final, o reitor da UEA destacou a parceira interinstitucional entre UEA e FEA/USP. "É uma felicidade ver essa proposta do Dinter entre a FEA-USP e a UEA evoluindo bem, as pessoas amadurecendo dentro do programa, acho que isso é o maior legado de todo esse projeto, é a oportunidade do amadurecimento destas professoras e professores dentro do programa, convivendo com o cenário de uma escola que tem mais de 100 anos e de renome mundial, e naturalmente fazendo que esse ambiente da FEA-USP permeie na UEA e eleve a nossa qualificação enquanto universidade", destacou Cleinaldo Costa.

Ainda durante a teleconferência, houve uma homenagem ao professor da UEA, Manoel Rodrigues Terceiro Neto, que foi vítima da pandemia. Ele era um dos doutorandos do programa, profissional exemplar e colega muito estimado no Dinter FEA/USP.

Homenagem ao professor da UEA, Manoel Rodrigues Terceiro Neto e doutorando do FEA/USP/UEA. (Foto:Divulgação/UEA)

Veja mais notícias sobre AmazonasEducação.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 02 Junho 2020
No Internet Connection