Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sexta, 10 Julho 2020
chatbot-health-tech

Quais medidas tomar para proteger sua empresa durante a quarentena do novo coronavírus?

O novo coronavírus já é uma realidade para os brasileiros, são mais de 300 casos comprovados em todo o país. A propagação do vírus, além de causar uma superlotação para o sistema de saúde, gera receio nos donos de negócios. Por isso, são realizadas medidas de curto prazo para tentar amenizar os impactos causados pela economia instável e por conta da quarentena preventiva.

É imprescindível para os empresários adaptar seus negócios e planejar os próximos passos para garantir o funcionamento das operações e se manter saudável durante os meses seguintes.
Antecipar ações de planejamento e trabalhar remoto são algumas alternativas de adaptação de negócios durante o distanciamento social (Foto: Divulgação)

Com este pensamento, veja abaixo quais medidas são indicadas para proteger sua empresa durante a quarentena do COVID-19:

Além de evitar o contágio e a propagação do coronavírus, o trabalho remoto ou home office ajuda com a redução de custos da empresa neste momento que é necessário cortar despesas. Porém é importante colocar metas para que o trabalho em casa não se perca. Alinhar com a equipe horários de reuniões online e reports diários ajudam a controlar melhor o tempo e o funcionamento das obrigações.

É fundamental levar em consideração que nos próximos seis meses pode haver uma queda grande de receita. Segundo Leonardo Bortoletto, fundador do Clube de Permuta e sócio da Nação Empreendedora, é importante reestruturar os canais de comunicação e de venda, por conta do pouco contato presencial. Além disso, é necessário ter um planejamento acompanhado diariamente e não só no tempo tradicional para que sejam feitos ajustes de acordo com o avanço do COVID-19, e também durante a recuperação do negócio para verificar se é preciso fazer mais ou tomar novas decisões.

Do ponto de vista de planejamento financeiro, segundo Eduardo Pires, sócio da Rafter Investimentos e da Nação Empreendedora, a hora é de uma profunda revisão da estrutura de custos e despesas da empresa. Pode ser necessário também um reescalonamento dos pagamentos a fornecedores e bancos. Um controle maior e quem sabe uma centralização de pagamentos também devem ser considerados. O empresário deve estar atento a linhas de crédito vantajosas que podem, eventualmente, ser disponibilizadas pelos bancos públicos para amenizar a crise. Além disso, deve buscar revitalizar sua área comercial adaptando-se rapidamente a nova realidade e promover os ajustes necessários.

Para Alexandre Guerra, membro do conselho administrativo do Giraffas e sócio da Nação Empreendedora, não é recomendado neste momento investir em mídias de grande massa ou off-line, tendo em consideração a restrição de movimentação das pessoas. Segundo Guerra, o marketing direcionado é a melhor alternativa para trabalhar e fidelizar a própria carteira de clientes com ofertas de produtos e serviços que sejam aderentes ao atual momento do consumidor.

Tenha consciência sobre a real dimensão do problema, tome prontamente as medidas corretivas necessárias, observe atentamente as alterações e esteja pronto para ajustes rápidos. O desespero e a paralisia são seus inimigos nesse momento.

Sobre a Nação Empreendedora

A Nação Empreendedora é uma comunidade que reúne empresários com objetivo de 'educar' com o compartilhamento de informações sobre as rotinas de negócios e serve de apoio para a solução de dúvidas com temas ligados diretamente ao empresariado como finanças, gestão e vendas. Fundada em 2019, o negócio é comandado por Alexandre Guerra, Eduardo Pires e Leonardo Bortolleto, especialistas, respectivamente, dos segmentos de varejo e franchising, finanças e investimentos, e vendas e network. Atualmente, a Nação Empreendedora conta com mais de 200 membros ativos.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 10 Julho 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection