Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quinta, 01 Outubro 2020

Plataforma online vende matéria-prima da Amazônia para o mundo

Como vender produtos da Amazônia para todo o mundo? Foi pensando dessa maneira que a empresa 'Liga Consultoria Técnica e Projetos' em parceria com a 'Portela Woods' criou a plataforma 'Amazon Forest Trading' ou "Floresta Amazônica em Negociação". A ferramenta virtual disponibiliza, atualmente, 20 tipos de matérias-primas regionais para venda.
Segundo um dos idealizadores do projeto e sócio da inciativa, Alexandre Rivas, a oportunidade nasceu com a necessidade. "O projeto veio da inquietação de levar a teoria sofisticada da economia, voltada para os produtos da floresta, para a prática. Principalmente levando em consideração a demanda de produtos para exportação", explica Rivas, que também é professor de economia ambiental na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).
Entre os produtos a venda estão o açaí (polpa, pó e misturas), óleos como pracaxi, açaí, andiroba, copaíba, castanha do Brasil e produtos madeireiros tipo decks, móveis e casas de madeira. Através da plataforma já foram vendidos óleos para a indústria de cosméticos e bem-estar da Hungria, França e Austrália. O projeto teve apoio do Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam)
O sócio de Rivas, Juscelino Machado, tem mais de dez anos de experiência com exportações. Na opinião dele, ainda é preciso construir o mercado. "Nos ainda temos problemas porque o produtor está desqualificado. O produto que ele vende não tem a quantidade ou a qualidade requerida. É preciso trabalhar para qualificar esses produtores porque demanda existe", avalia.
Ainda de acordo com ele as matérias-primas da região são únicas e agregam valor diferenciado aos produtos. "Os insumos da região têm aspectos físico-químicos únicos. Embora seja possível sintetizá-los a produção sustentável, a origem de produtos orgânicos, ainda é uma marca, por assim dizer, muito procurada dentro dos mercados internacionais".

*Com informações da assessoria

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 01 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/