Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quinta, 26 Novembro 2020

Feira em Cuba é oportunidade para internacionalização de negócios do Amazonas

Feira em Cuba é oportunidade para internacionalização de negócios do Amazonas
Empresários amazonenses interessados na internacionalização de produtos no mercado cubano e América Latina devem podem participar da Feira Internacional de Havana (FIHAV). O evento acontece no período de 30 de outubro a 5 de novembro na capital de Cuba, Havana, e conta com apoio do Centro Internacional de Negócios do Amazonas (Opens external link in new windowCIN-AM) e da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Opens external link in new windowFieam). As inscrições segue até o dia 20 de outubro

A Fihav é a vitrine ideal para que empresas exibam seus produtos e serviços, além de ponto de encontro com sócios comerciais e o lugar adequado para introdução de novos produtos. Os empresários podem realizar a inscrição pelo  Opens external link in new windowsite.

“Esse é mais um evento que conta com o apoio direto do Centro Internacional de Negócios do Amazonas na busca pela internacionalização das empresas amazonenses. O mercado cubano é um dos que mais cresce atualmente e a Fihav é um dos eventos mais consolidados do mundo. No local, esses empresários poderão prospectar mais chances de negócios e realizar importantes contatos comerciais”, ressaltou o gerente do CIN-AM, Marcelo Lima.

A feira tem caráter multissetorial, porém destacam-se os seguintes setores:alimentos e bebidas, cosméticos, calçados, artigos de vestuário, máquinas e equipamentos (equipamentos agrícolas), autopeças e materiais elétricos.

A finalidade da missão é promover a exportação de produtos e marcas brasileiras, bem como permitir ao empresário conhecer e prospectar in loco tendências de mercado, preferências dos consumidores, oportunidades para inserção de produtos brasileiros e formas de acesso ao mercado cubano.

Mercado cubano

Em 2015, o Produto Interno Bruto (PIB) de Cuba cresceu 4% e especialistas afirmam que continuará a crescer em 2016, embora em ritmo menor. A previsão também é que Cuba tenha crescimento econômico de 2% este ano. Um crescimento econômico em torno de 2% é previsto para os setores de construção civil, hotéis e restaurantes, agricultura, pecuária, silvicultura, transporte, armazenamento, comunicações, indústria açucareira e geração de eletricidade, água e gás. O número de turistas estrangeiros recebidos no país durante o ano passado foi de 3,5 milhões, o mais alto registado na história do país.

Mais informações podem ser obtidas com a equipe do CIN-AM pelo email: [email protected] ou pelos telefones (92) 3631-0907 e 3186-65114.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 26 Novembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/