Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 02 Junho 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

Amazonas prevê auxílio financeiro de R$ 200 para famílias em vulnerabilidade social

Em coletiva de imprensa realizada online, no final da manhã desta sexta-feira (27), o governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou algumas medidas para o amparo econômico do Estado, entre elas, um projeto onde serão concedidas bolsas, durante 3 meses, de R$ 200 para 50 mil pessoas em situação de vulnerabilidade no Amazonas.

O governo ressalta que está sendo feito um estudo para mapear as famílias que receberão o auxílio e de quê forma elas o receberão. A medida tem o objetivo de reduzir os impactos econômicos e financeiros para as famílias em situação de vulnerabilidade que estão atendendo ao isolamento social, decretado pelo governo para todo o Estado, em função da não proliferação do covid-19.

O projeto para a concessão do auxílio precisa ser aprovado na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).
(Foto: Divulgação/Agência Brasil)

Majoração de preços

Além da proposta de auxílio à famílias, o governador sancionou a proibição de majoração de preços em produtos ou serviços no Amazonas durante todo o período em que o estado estiver seguindo o plano de contingência de enfrentamento ao coronavírus.

"Para fins de definição de majoração de preços, a gente pega os preços do dia primeiro de março agora, de 2020", ponderou o governador ressaltando ainda que há previsão de queda de 40% em arrecadação no ano de 2020.

Outras medidas

Outra medida anunciada por Wilson foi a da lei que proíbe as empresas concessionárias de água e luz do Amazonas de cortar o fornecimento dos serviços, tidos como essenciais, por falta de pagamento.

Ainda na coletiva, o governador disse que também vai encaminhar à Aleam o pedido para a desvinculação de receitas, preservando recursos de saúde, educação, operações de créditos e convênio, possibilitando ainda a liberação de R$ 40 milhões da Agência de Fomento do Amazonas (Afeam) para micro e pequenos empreendedores.

Durante coletiva o governador disse que está dialogando com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas (FCDL), e outras organizações que representam o comércio no Estado, para que encontrem uma forma de retomada nas atividades econômicas do estado, sem desobedecer medidas para a questão da saúde.

Veja mais notícias sobre EconomiaAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 02 Junho 2020
No Internet Connection