Manaus 30º • Nublado
Quarta, 17 Agosto 2022

Reunião entre prefeitura e rodoviários termina em impasse; greve continua em Manaus

Reunião entre prefeitura e rodoviários termina em impasse; greve continua em Manaus
Na noite desta terça-feira (29), uma reunião entre representantes dos rodoviários, Prefeitura de Manaus e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), terminou em impasse, e a greve da categoria deve continuar nesta quarta-feira (30), com uma frota de 70% dos coletivos nas ruas da capital.

De acordo com o prefeito de Manaus, Arthur Neto, os rodoviários e empresários precisam se acertar, caso contrário, haverá uma multa pesada que será revertida para fundações de caridade. “As partes devem chegar num consenso, a população de Manaus não pode sofrer por causa disso. Eles terão 24 horas para resolverem todas as questões. Eles garantiram que cerca de 70% dos ônibus rodarão na cidade”, contou.


Já o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Amazonas, Givancir Oliveira, afirmou que está difícil negociar com os empresários. Ele contou que os rodoviários querem o valor de 6,5%, que é referente à data-base de 2017 e 2018. “Se recuram a falar com a classe, querem empurrar a situação com a barriga, enquanto não tiver um resultado satisfatório para a categoria a greve continuará. Queremos o nosso reajuste de salário”, disse.

O assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges, deixou a reunião antes do fim e pareceu irredutível. Ele falou que o país vive em um momento de crise, então, o pedido dos rodoviários é inaceitável “Eles exigem ganho real, do modo que não é possível negociar. Os rodoviários querem um ganho que ninguém está tendo, ou seja, é uma proposta absurda. Nós não vamos negociar com a cidade sendo refém dessa situação”, garantiu.

Veja mais notícias sobre Cidades.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 17 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/