Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 28 Outubro 2020

Círio 2020: Em Belém, Arraial de Nazaré com novo formato começa neste domingo

up_ag_15302_4j1o8888
O Círio de Nazaré se aproxima, diferente, mas com a mesma fé e expectativa de todos os anos. A Diretoria da Festa de Nazaré (DFN), por conta da pandemia do novo coronavírus, precisou readaptar vários eventos que acontecem neste período, em especial durante a quinzena ciriana, entre eles está o tradicional Arraial de Nazaré. A partir de domingo, 11 de outubro, começa a funcionar o Arraial, no estacionamento do Centro Social de Nazaré, no horário de 17 às 22h, até 26 de outubro.
Arraial de Nazaré. (Foto:Divulgação/Agência Pará)

Cerca de 24 estandes foram montados na área, com vendas de produtos artesanais, alimentos, vestuário e artigos religiosos. Além disso, os participantes poderão acompanhar as lives do Círio Musical, em um telão no centro do Arraial, que serão transmitidas ao vivo pela TV Nazaré, a partir das 19h. A entrada só será permitida com o uso de máscaras e cumprindo as orientações de distanciamento social.

Por conta das restrições dos órgãos de saúde, segurança e Vigilância Sanitária, o parque de diversões ITA, que tradicionalmente participa do arraial há 28 anos, não estará na programação. "De todos esses anos de parceria do ITA com a Diretoria, esta é a primeira vez que não teremos o parque aqui. Claro que sentimos muito, pois ele alegra e enriquece a programação, mas estamos providenciando um evento igualmente belo, como forma também de ajudar nossos parceiros, os pequenos comerciantes, que precisam da renda adquirida neste período", enfatiza Sérgio Reis, responsável pela Diretoria de Arraial e Arrecadação.

"Barraquinhas, luzes e cores que nos remontarão aos saudosos tempos de infância. Tudo isso envolvido pelo clima que invade outubro. Um arraial pequeno em sua dimensão, mas imenso na recordação dos momentos que fazem parte da essência do Pará. Um Círio histórico e sem precedentes, sem procissão, é fato, mas não menos sublime. Para além de tudo isso, o arraial permitirá que trabalhadores exponham seus produtos ao público, propiciando movimentar a economia desses pequenos empreendedores, que, na sua grande maioria, dependem essencialmente do Arraial de Nazaré para prover suas famílias", finaliza o diretor.

História


O Arraial de Nazaré é uma tradição que começou na primeira edição do Círio de Nazaré, em 1793. Na época, consistiu em uma grande feira de produtos agrícolas. O Arraial começou a ser chamado desta forma em virtude da construção das casas em volta da ermida de Plácido após o achado da imagem, aproveitando-se do grande fluxo de peregrinos que passou a ocorrer desde então. As primeiras festas de Nazaré eram realizadas no mês de setembro, época do verão amazônico, quando a intensidade de chuvas diminui. Para a realização do primeiro Círio o governador organizou uma grande feira de produtos agrícolas vindos de diversos municípios, até mesmo providenciando transporte de pessoas e mercadorias pelos rios de lugares distantes de Belém.

Segundo pesquisadores e historiadores, no início era realizado em frente à Basílica, onde hoje está situada a Praça Santuário de Nazaré, antes chamada de Conjunto Arquitetônico de Nazaré (CAN). No entanto, com o passar do tempo, mudou de lugar e se aprimorou. Passou a ser formado por uma série de brinquedos direcionados para o divertimento dos fiéis, bem como por várias barracas de venda de artesanato, comidas típicas e outros produtos industrializados.

No entanto, o funcionamento do arraial nazareno no século XIX não se resumia à mera exposição e venda de "produtos regionais". Além das barracas fixas, a movimentação do público era acompanhada pelo comércio ambulante, por jogos, pelas danças coletivas negras, indígenas (lundum, chorado, cateretê, dança do bagre, mandu-sarará e bambiá) e européias (dança das saloias e dança das camponesas), pelas apresentações musicais (normalmente apresentações de bandas) e teatrais.

"O arraial também é importante por contribuir com fundos para a realização do próximo Círio e garantir o financiamento das obras sociais mantidas pela Paróquia de Nazaré", destaca Sérgio.

EcoCírio

Desde 2016, a Diretoria da Festa de Nazaré criou o EcoCírio, um projeto de conscientização que une responsabilidade social e ambiental, que visa conscientizar as quase 200 mil pessoas que visitam o Arraial de Nazaré, desde quando é montado.

A ação tem como objetivo estimular todos os frequentadores do arraial e da Praça Santuário ao descarte apropriado de resíduos sólidos. O projeto conta com a parceria da Equatorial, que durante a quadra nazarena disponibiliza um ponto de coleta na Praça Santuário.

Serão disponibilizados pela Diretoria totens coletivos na Praça Santuário, no Arraial e próximo da Basílica Santuário para a coleta. "Devemos fazer nossa parte para servir de exemplo e estímulo para a preservação do meio ambiente. Sabemos que o EcoCírio é o primeiro passo para uma mudança de atitude definitiva que visa cuidar do meio ambiente, nossa casa comum. A ideia é ir aos poucos ajudando a formar a consciência das pessoas nesse pequeno espaço", avalia Sérgio Reis.

O que pode ser reciclado:

Plásticos: garrafas de refrigerante, água mineral, óleo, vinagre, plástico duro (embalagens de shampoo, produtos de limpeza, embalagens de massas, potes de margarina, baldes, bacias, entre outros), sacolas de mercado e sacos de alimentos.

Metais: latas de aço (ervilha, milho, leite em pó), alumínio (latas de cerveja, refrigerante), panelas, bateria de carro.

Papel: jornais e revistas, papel branco e colorido, caixas de papelão em geral.

Treta Pak: caixa de leite, sucos, molhos, milho, ervilha e achocolatados.

Resíduos orgânicos: óleo de cozinha usado.

O Círio 2020

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

Veja mais notícias sobre CidadesCulturaNotíciasPará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 28 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/