Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 04 Agosto 2020

Caçadores localizam sítios arqueológicos no Amapá com cerca de dois mil anos

Caçadores localizam sítios arqueológicos no Amapá com cerca de dois mil anos
Sítios arqueológicos descobertos no Amapá são indícios de que as áreas que hoje pertencem a dois municípios no estado já foram ocupadas há dois mil anos. Os achados foram localizados por caçadores. Logo depois, especialistas do Museu de Arqueologia e Etimologia do Amapá se dirigiram até as regiões para fazerem a identificação. Estrutura semelhante já tinha sido localizada no município de Calçoene há mais de 30 anos.

Nos locais foram encontrados círculos de pedras que seriam usados, por exemplo, para ajudar a calcular as estações do ano, por meio da observação.

O coordenador de Cultura do estado, Luís Bezerra, explica que as construções são rodeadas de mistério. O primeiro deles seria a origem. Ele diz que nos municípios onde os sítios estão localizados não existe material semelhante. Fora isso, o sistema usado a partir das pedras é considerado moderno para a época.

O sítio que fica no município de Amapá está 13 quilômetros a leste da sede da cidade, em área de planície.

Já o de Pracuúba – onde apenas 30% das pedras estão de pé – se encontra em uma extensa área de mata.

O relatório com os dados sobre os sítios foi encaminhado pelo governo estadual ao Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. O Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá também foi acionado.

O próximo passo será a formação de uma equipe multidisciplinar para retornar aos sítios e fazer a delimitação, reconhecimento e estudos. Após a avaliação serão traçadas as estratégias de preservação.

Outra descoberta recente levou a localização de 53 esqueletos humanos no sítio histórico de ruínas da primeira igreja construída no município de Mazagão. Uma audiência pública vai decidir se os achados continuam no município ou se devem ser transportados para a capital, Macapá.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 04 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection