Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sexta, 07 Agosto 2020

Amapaense dá dicas para chegar aos 100 anos: fidelidade e açaí

Amapaense dá dicas para chegar aos 100 anos: fidelidade e açaí
Ser fiel ao casamento e tomar muito açaí: estes são os segredos para chegar aos 100 anos com saúde, bom humor e muita disposição. Quem dá a receita é o amapaense Fernando de Souza da Costa, que celebrou seu centésimo aniversário nesta terça-feira (18). Segundo reportagem publicada no G1 Amapá, o centenário vive há mais de 70 anos com a esposa Lígia dos Santos, de 89 anos.
Foto:Reprodução/Rede Amazônica
“É uma emoção muito grande poder estar reunido com minha família e comemorar 100 anos. Graças a Deus casei com minha esposa e junto com ela vivo há mais de 70 anos, o que é um dos segredos para ser feliz. Não pode faltar muito amor com a família e o açaí todo dia no almoço, que tomo e não me faz mal”, disse sorrindo.

Um café da manhã servido a familiares e convidados marcou a data. Música, salgadinhos, bolo e um almoço especial dividiram a festa com a celebração de missa.

Ao G1, a companheira, que vive junto com ele exatos 74 anos, disse que paciência e bom humor são as grandes virtudes do aniversariante. Para ela, foram esses fatores que contribuíram para que essa união continue forte, desde o dia 27 de março 1943.

“Quase nunca tivemos desentendimentos e quando ocorreram, foram rápidos e buscamos logo resolver. Ele sempre foi um bom pai e um ótimo marido, sempre paciente e dedicado. E hoje é um dia muito especial, ver ele completar 100 anos de idade com disposição e alegria”, destacou.
Foto:Reprodução/Rede Amazônica
Fernando garante que, durante todos esses anos, se manteve fiel à esposa e que, durante toda a vida dele,ela foi seu único amor.

“Ela sempre teve um coração bom. Eu nunca dormi fora, sempre dormi em casa. Só dormi fora quando eu fui trabalhar na Icomi, mas eu sempre vinha por aqui ver ela”, enfatizou.

O casal teve dois filhos: um menino e uma menina, que morreu aos 16 anos. Hoje, eles têm dois netos e uma bisneta.

Raimundo dos Santos Costa, o filho de Fernando, de 67 anos, mora em Belém, no Pará, mas garante que sempre que possível procura visitar o pai no Amapá. Ele afirma que o pai sempre teve muitos amigos e que é muito querido pela família.
Foto:Reprodução/Rede Amazônica
“Mesmo eu morando em outra cidade, mantenho esse laço com meus pais, que são pessoas inspiradoras no modo de viver. Meu pai é um exemplo para mim, sempre foi disposto, por muitos anos só andava de bicicleta, tem muitas amizades, gosta de futebol e não dispensa o açaí dele, que é algo sagrado. E sempre demonstra muito amor por todos da família, que é algo recíproco”, disse.

Aos 100 anos de idade o idoso não apresenta nenhum tipo de doença, é saudável e ativo para algumas atividades. Entretanto, toma medicamento para controlar a pressão e precisa de ajuda para se locomover. Mas segundo os familiares, ele faz questão de realizar algumas tarefas de maneira independente.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 07 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection