Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 16 Junho 2021

Carnaval de Todos encerra com Lava-Pratos em São José de Ribamar, no Maranhão

Carnaval de Todos encerra com Lava-Pratos em São José de Ribamar, no Maranhão
Quem ama o Carnaval e não quer descansar dos dias de folia vai poder brincar um pouco mais no tradicional Lava-Pratos em São José de Ribamar, no Maranhão, realizado há 70 anos. O evento, que este ano chega à sua 71ª edição, será realizado no Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen, orla marítima, e estima receber mais de 100 mil pessoas, neste sábado (4) e domingo (5).

“A folia de Lava-Pratos conta com uma programação que valoriza todos os gostos. Por sua dimensão, diversidade e organização, essa festa em São José de Ribamar é uma das mais importantes do calendário cultural maranhense. Certamente, este ano teremos mais uma edição de sucesso com apoio garantido do Governo do Maranhão”, ressalta o secretário de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino.
Carnaval encerra com folia de Lava-Pratos. Foto: Gilson Teixeira/Governo do Maranhão
Programação

No sábado (4), a festa começa às 21h, com os shows do grupo N’Gandaya; banda Da 1 Rollé; e banda Energia. No domingo (5), a programação tem início mais cedo, às 13h30, com Samba de Boa; Leiliane Frazão e Banda; Banda Regional Fenix; MC Afonso Twister; Bicho Terra, Pepê Júnior e Gargamel e Os Smurfes.

O público também vai brincar o Lava-Pratos com as escolas de samba Marambaia, Terrestre do Samba, Túnel do Sacavém, Turma do Quinto, Unidos de Fátima e Unidos de Ribamar, além de 15 blocos tradicionais.

A origem

O Lava-Pratos é considerado por historiadores da cidade como o primeiro carnaval fora de época do Brasil. Teve sua origem em 1946, chamado de “Carnaval da Vitória”, batizado após a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial.

Começou quando a Escola de Samba Batuqueiro Naval resolveu, na terça-feira de Carnaval, visitar agremiações em São Luís, dentre elas a Turma da Mangueira, Turma do Quinto e Águia do Samba. As escolas resolveram retribuir a gentileza no primeiro domingo da Quaresma, e deram início à peregrinação até São José de Ribamar sempre que consideradas campeãs do Carnaval da capital maranhense.

Há quem afirme que o nome tem relação com o dia em que os garçons, que trabalharam nos dias de Carnaval, faziam sua folia momesca sempre no fim de semana seguido do período oficial.

Veja mais notícias sobre Variedades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 16 Junho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/