Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 31 Outubro 2020

'Agita Novo Aripuanã' promove atividades no interior do Amazonas

'Agita Novo Aripuanã' promove atividades no interior do Amazonas
Foto: Cléber Santos/FAS
Teatro, grafitti e esporte tiveram um destino certo no último final de semana: a cidade de Novo Aripuanã, a 225 km de Manaus, no Amazonas. Inaugurando a 'Agenda Urbana' da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) no interior do Estado, o 'Agita Novo Aripuanã' levou diversas atividades gratuitas às ruas da cidade, mobilizando cerca de três mil moradores em torno da cultura e da sustentabilidade no espaço urbano no último sábado (24).

“O mundo que a gente busca começa primeiro no espaço onde vivemos. Valorizar os artistas locais e ocupar os espaços públicos da cidade é essencial. Eventos como o Agita servem como um catalisador disso, para que as pessoas percebam o potencial que elas têm e se orgulhem de ser da cidade”, afirma a coordenadora da Agenda Urbana da FAS, Paula Gabriel.

O evento contou com apoio da Prefeitura de Novo Aripuanã e promoveu oficinas com nomes conhecidos da cena urbana de Manaus, como Jander Manauara, produtor artístico da Virada Sustentável em Manaus, os grafiteiros Buck e Denis e Yasmin Amaro, articuladora da ONG Engajamundo. “As crianças estão fazendo um trabalho incrível. Acredito que o principal legado desse evento é eles acreditarem neles mesmos e que são capazes de fazerem o que quiserem para melhorar a cidade”, contou Yasmin.

Para as crianças, as oficinas foram uma oportunidade de descobrir novas habilidade e ainda deixar o espaço em que vivem mais agradável. “Eu gostei muito de aprender essas coisas. E é bem legal poder deixar minha escola bonita”, afirma Adriel Santos, de 10 anos, que participou da oficina de grafitti que revitalizou o muro da escola municipal onde estuda.

O evento teve início na noite de sexta-feira (23) com uma apresentação de teatro realizada pelos alunos do projeto de Incentivo à Leitura e Escrita (Incenturita) desenvolvido pela FAS com apoio da Samsung e do Instituto Alair Martins, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Juma, na zona rural de Novo Aripuanã. Para Alaílson Silva, de 17 anos, a apresentação foi uma oportunidade única de levar o que vem sendo desenvolvido no interior para a cidade.

“O projeto tem me ajudado muito a me desenvolver. E é muito importante vir representar minha comunidade num evento desse tamanho, mostrar o resultado do que temos feito por lá. É gratificante”, afirmou.

Além da peça e das oficinas de grafitti, a mobilização contou ainda com apresentações infantis de coral e dança, shows musicais e degustações de comidas orgânicas por parte de alunos de nutrição locais. Todas as atividades foram realizadas graças ao empenho de moradores da cidade, totalmente voluntário. Segundo Marcos Flávio, Secretário de Desporto, Lazer e Cultura de Novo Aripuanã, eles foram a força do evento.

“Projetos como esse dão certo graças ao empenho de voluntários. Eventos assim vem engrandecer a cultura do nosso município, é uma satisfação enorme. Com certeza deixará um legado cultural e sustentável para nossa cidade”, diz o Secretário.

Para os moradores, o 'Agita Novo Aripuanã' trouxe novas perspectivas para os adolescentes em um cenário em que as drogas acabam sendo um caminho comum: “Muitos jovens aqui se perdem nas drogas ou coisas assim. Essas atividades afastam eles disso. Nossos jovens gostam de arte, de inovar e aprendem a valorizar isso, o quanto eles são bons”, afirma Verônica Pereira, tia de dois jovens que participaram das oficinas.

Agenda sustentável

Depois de promover diversos projetos ligados à melhoria cidades em Manaus, como a Virada Sustentável, o Prêmio Vire Manaus e o Programa de Reurbanização Ecológica Urbana (REUSA), o Agita Novo Aripuanã marca a expansão para o interior da Agenda Urbana da FAS. “O interior do nosso estado acaba sendo muito carente de iniciativas voltadas para o engajamento social e cultural. Esse tipo de mobilização entre escolas, igrejas e comércio faz com que as pessoas se unam em busca da cidade dos sonhos deles. E isso não se restringe só para Manaus ou Novo Aripuanã. Serve para toda e qualquer cidade”, conclui Paula Gabriel.

Em Manaus, a agenda sustentável já tem destaque no mês de julho, com a realização da 2a Edição da Virada Sustentável, nos dias 29 e 30 de julho. As inscrições para voluntariado e para atividades ainda estão abertas no site.

Veja mais notícias sobre Variedades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 31 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/