Plano de ação entre Brasil e Suíça para fortalecer cooperação científica vai priorizar projetos na região amazônica

Atividades previstas para o biênio 2024-2026 têm foco no desenvolvimento sustentável.

Foto: Rodrigo Cabral/ASCOM MCTI

Representantes do Brasil e da Suíça participaram, na segunda-feira (15), da 6ª reunião da Comissão Conjunta Suíça-Brasil sobre Ciência, Tecnologia e Inovação. O objetivo foi apresentar as parcerias já existentes e discutir o Plano de Ação para o biênio 2024-2026, dando prioridade a projetos ligados à região amazônica.

A delegação internacional, liderada pelo embaixador da Suíça no Brasil, Pietro Lazzeri, foi recebida por representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

“O Brasil é um parceiro estratégico e já temos uma sólida base para aprofundarmos as parcerias. Acreditamos na importância da pesquisa e inovação, pois a ciência está diretamente ligada à economia e à sustentabilidade”, 

afirmou o embaixador Pietro Lazzeri.

Segundo ele, a Suíça tem especial interesse em apoiar projetos na área de bioeconomia, descarbonização e combate ao desmatamento. “Apoiamos a liderança do Brasil na região amazônica. O Brasil é um gigante verde e os potenciais para cooperação são enormes”, declarou Lazzeri.

A reunião foi conduzida pelo presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ricardo Galvão, e pela representante da Assessoria Internacional do MCTI, Vânia Gomes. Também estiveram presentes representantes da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo a Pesquisas (CONFAP) e de outros órgãos de apoio à pesquisa.

Já a delegação suíça contou com a participação da Secretaria de Estado de Educação, Pesquisa e Inovação (SERI), da Fundação Nacional de Ciência (SNSF) e de órgãos de fomento. A próxima reunião da Comissão Conjunta Suíça-Brasil sobre Ciência, Tecnologia e Inovação deve acontecer na Suíça em 2026.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Governo apresenta medidas implementadas na Terra Yanomami à Corte Interamericana de Direitos Humanos

Entre as novidades de 2024 apresentadas pela representante do governo brasileiro, está a implantação da Casa de Governo, em Boa Vista, Roraima.

Leia também

Publicidade