Delegacia Especializada em Crimes Contra a Pessoa no Amapá torna procedimentos 100% digitais

Medida reduz os custos do Estado com insumos físicos e aumenta agilidade e segurança dos serviços prestados à população.

Foto: Aog Rocha/GEA

Para tornar o serviço mais ágil e eficaz para a população, a Delegacia Especializada em Crimes Contra a Pessoa (Decipe) da Polícia Civil, localizada no Conjunto Macapaba, na Zona Norte de Macapá, no Amapá, agora atende de forma 100% digital. Todos os documentos da delegacia foram integrados ao sistema de Procedimento Policiais Eletrônicos (PPE), ferramenta que permite mais segurança e controle dos dados.

O processo de modernização vem sendo implementado desde 2023 pelo Governo do Amapá, atendendo o ato normativo do Conselho Superior da Polícia Civil, que instituiu a obrigatoriedade dos procedimentos eletrônicos. Marcando a nova era, a equipe de policiais civis da delegacia realizou um ato simbólico e incinerou mais de 956 documentos em papéis que ocupavam vários armários da instituição e tornavam a prestação de serviços mais lenta e burocrática

“Foi feito um trabalho de verificar se todos os procedimentos que constavam no arquivo estavam no sistema PPE. Os que não estavam, foram escaneados e incluídos dentro do sistema. Esse foi um ato de grande importância pois estamos nos adequando à realidade de hoje, onde o mundo está cada vez mais sendo realizado na esfera digital, o judiciário já está há algum tempo migrando seus processos para o digital e a Polícia Civil não pode ficar de fora”,

afirmou o delegado titular da Decipe, Leonardo Leite.

Foto: Aog Rocha/GEA

Leonardo ainda frisou que entre outros impactos positivos sobre a digitalização dos serviços está a redução de custos para o Estado, que não precisará fazer orçamento para comprar tintas, impressoras e papel.

“Também diminuímos os gastos com combustível, uma vez que a maioria das intimações estão sendo realizadas de forma virtual, e a facilidade que a virtualização proporciona, inclusive com assinaturas digitais, ocasionando em uma certa celeridade nas investigações”, frisou o delegado.

A expectativa é que todas as delegacias da Polícia Civil no estado sejam totalmente inseridas nas plataformas digitais.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: qual a função de uma ‘área de preservação permanente’?

As APP são consideradas um instrumento essencial à política de preservação ambiental.

Leia também

Publicidade