Penúltima semana do Laboratório dos Sonhos é focada em Mentoria em Arte e Intervenções Urbanas

Durante todo o dia de imersão, os participantes mergulharam em workshops intensivos, palestras inspiradoras e sessões práticas

A formação de jovens que participam do projeto Laboratório dos Sonhos chega a sua penúltima mentoria nesta quarta-feira (17). A oficina da sétima semana foi voltada para o tema: Arte e intervenções urbanas e foi ministrada pela artista visual, Sarah Figueiredo e o comunicador visual, Victor Zagury, a mentoria ocorreu na Escola Estadual Gilberto Mestrinho, no bairro Colônia Antônio Aleixo na Zona Leste de Manaus.

“Eu vejo de uma forma que esses espaços, essas intervenções culturais e artísticas não são muito comuns em periferias, então potencializar isso aqui, é forma da galera se sentir livre e confiante. Então é uma forma de explorar a criatividade deles é uma forma de dialogar sobre os sonhos deles, os desejos e medos, sobre a forma de como eles enxergam a comunidade e as lutas diárias para que eles potencializam esses espaços e criar a partir deles intervenções na própria comunidade.”, destacou, Sarah Figueiredo, facilitadora.

Foto: Jessiane Guimarães | Grupo Rede Amazônica

Durante todo o dia de imersão, os participantes mergulharam em workshops intensivos, palestras inspiradoras e sessões práticas, aprendendo técnicas diversas de arte urbana, graffiti, instalações temporárias e intervenções em espaços públicos. A troca de experiências e o contato com profissionais renomados no cenário artístico permitiram um enriquecimento cultural e técnico sem precedentes.

“O mais importante é saber que aqui existem muitas potências jovens aqui nessa comunidade, eles entenderem e saberem que existe várias possibilidades de fazerem intervenções, tanto com papel ou outros tipos de materiais é importante para que eles acreditem que a arte pode ser uma solução para a comunidade.”, destacou Victor Zagury, facilitador do projeto.

A jornada de conhecimento segue com a última mentoria, prevista para a próxima quarta-feira (24), voltada para o Meio Ambiente e a Sustentabilidade. O programa será concluído com a apresentação das soluções apontadas pelos jovens e que contará com a presença de representantes do setor público, lideranças sociais e investidores interessados no desenvolvimento comunitário local.

Sobre o Laboratório dos Sonhos:
O Laboratório de Sonhos é uma iniciativa do UNICEF e PNUD que nasceu no Equador em 2020, durante a pandemia da COVID-19, que visa oportunizar o aprimoramento pessoal e comunitário de adolescentes e jovens, com o intuito de buscar soluções inovadoras a partir dos desafios e problemáticas dos seus bairros e comunidades.

O método adotado se caracteriza pelo uso de ferramentas participativas inovadoras, capazes de co-construir comunidades seguras, inclusivas e resilientes. Com a finalidade de liderar a concepção e implementação de projetos de inovação e transformação social, os jovens e adolescentes têm suas competências para a vida, técnicas e interculturais.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: qual a função de uma ‘área de preservação permanente’?

As APP são consideradas um instrumento essencial à política de preservação ambiental.

Leia também

Publicidade