Laboratório dos Sonhos é encerrado com soluções e projetos para o Colônia Antônio Aleixo em Manaus

Após três meses de mentorias, o projeto “Laboratório dos Sonhos”, realizado pela Fundação Rede Amazônica (FRAM) e o Unicef foi encerrado nesta sexta-feira (14). O Demoday reuniu autoridades, empresários e representantes do poder público que ouviram atentamente aos projetos desenvolvidos pelos alunos que participaram do projeto durante os últimos três meses.

“O sentimento é de satisfação e gratidão. Ao longo desses três meses podemos ver a evolução dos alunos que participaram do projeto em todos os sentidos, tanto em elaboração de textos como em comportamento.” destacou Sabrina Dorval, diretora da escola.

Durante o Demoday, os estudantes mostraram suas propostas, que vão desde soluções para melhorar a infraestrutura e segurança do bairro, até iniciativas voltadas para educação, saúde e sustentabilidade. Entre os destaques, está a equipe “Genius da Inovação” que foi escolhida como o melhor projeto, que propôs melhorias para o acesso dos jovens ao mercado de trabalho.

“O meu projeto propõe trazer a educação para os jovens do Colônia Antônio Aleixo, introduzindo técnicas e plataformas gratuitas na internet para levar infraestrutura para a galera conseguir se introduzir e conhecer a tecnologia do mercado de trabalho.” destacou Harlianny da Costa, estudante.

Para os facilitadores, a criatividade e o comprometimento dos jovens foi fundamental para o andamento do projeto que foi realizado pela primeira vez no Brasil.
“Nós estamos extremamente felizes e realizados durante todo esse período das oficinas, os jovens terem se empoderado e das alternativas e soluções que eles apresentaram para o bairro.”, destacou Rainer Duarte, facilitador do projeto.

Além das apresentações, o Demoday contou com uma sessão de networking, onde os alunos puderam trocar experiências e discutir possíveis parcerias com os empresários presentes. O evento foi encerrado com uma apresentação cultural e com a premiação dos melhores projetos que receberão apoio para serem implementados na comunidade e bolsas de estudo em instituições parceiras.

“É de extrema importância termos essa parceria e esse desenvolvimento, a educação não está não está acessível a toa, mas o Senac faz essa educação acessível em grande parte do seu desenvolvimento e nosso processo seletivo gratuito representa 67% da nossa verba, então quase 70% de tudo que a gente faz é destinado a população mais carente.”, destacou Abrahim Baze, gerente do Senac.

Para o Unicef, o Laboratório dos Sonhos segue com a missão de inspirar e capacitar a nova geração, mostrando que a educação e a inovação são ferramentas poderosas para a transformação social.

“O Laboratório dos Sonhos para a Unicef também é um sonho e poder concretizar a relação entre a participação dos adolescentes que vivem no Colônia Antônio Aleixo dentro dessa  agenda cidade Unicef e esse ano em parceria com a Fundação Rede Amazônica foi possível finalizar esse projeto hoje.”, destacou Rayane França, oficial da área de adolescentes do Unicef.

Já para a Fundação Rede Amazônica, esse projeto é apenas o início de uma grande missão para o desenvolvimento dos jovens do bairro.

“É o grande início e a gente entende que a formação desse jovens líderes é de extrema importância para a narrativa da história deles e trazer esse projeto que vem pela primeira vez no Brasil.” destacou Mariane Cavalcante, diretora executiva da Fundação Rede Amazônica

A expectativa agora é que os projetos apresentados no Demoday se tornem realidade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e melhoria da qualidade de vida do Colônia Antônio Aleixo. 

Sobre o Laboratório dos Sonhos:

O Laboratório de Sonhos é uma iniciativa do UNICEF e PNUD que nasceu no Equador em 2020, durante a pandemia da COVID-19, que visa oportunizar o aprimoramento pessoal e comunitário de adolescentes e jovens, com o intuito de buscar soluções inovadoras a partir dos desafios e problemáticas dos seus bairros e comunidades.

O método adotado se caracteriza pelo uso de ferramentas participativas inovadoras, capazes de co-construir comunidades seguras, inclusivas e resilientes. Com a finalidade de liderar a concepção e implementação de projetos de inovação e transformação social, os jovens e adolescentes têm suas competências para a vida, técnicas e interculturais fortalecidas, tornando-se protagonistas de seus próprios processos de desenvolvimento.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Camu-camu é usado para enriquecer farinha de mandioca

Desidratados sob diferentes métodos tecnológicos, os resíduos agroindustriais de frutos de camu-camu, adicionados à farinha de mandioca, incrementaram significativamente os produtos finais.

Leia também

Publicidade