Confira os melhores momentos dos pocket shows do projeto “Ópera em Rede”

Os eventos marcaram a fase final do projeto que se prepara para a última ação em um shopping da cidade.

Como parte do projeto “Ópera em Rede”, a Fundação Rede Amazônica (FRAM) realizou pocket shows em municípios da região metropolitana de Manaus na primeira semana de junho.

Ao todo, seis escolas nos municípios de Iranduba, Manacapuru e Rio Preto da Eva – receberam shows de ópera com a participação do “Ópera Estúdio” – um projeto de extensão da Universidade Estadual do Amazonas (UEA). “Para a gente foi muito incrível sentir a energia das crianças”, disse a atriz e cantora lírica Flávia Procópio.

Os shows de ópera foram assistidos por mais de trezentas (300) pessoas, entre elas, a Luzemilia Costa, uma adolescente de 14 anos, que mesmo sem nunca ter assistido espetáculos do gênero, é apaixonada por ópera. “Eu me vi em muitos momentos estaziada com o espetáculo. Tudo muito lindo”, declarou.

Em Manaus, o espetáculo chega a um público um pouco diferente, pois será realizado em três instituições de apoio da capital a partir do dia 12 de junho. As organizações selecionadas foram: Casa do Idoso São Vicente de Paulo; Casa Vhida e Casa Mamãe Margarida, que beneficiam, respectivamente, idosos, crianças que vivem com o HIV e crianças e adolescentes que foram vítimas de violência. Essas apresentações são exclusivas para o público interno, entre pessoas atendidas e colaboradoras.

Sobre a Mostra de Canto Lírico

A segunda ação que encerra o calendário 2023 do “Ópera em Rede” é uma Mostra Infantil de Canto Lírico, programada para o dia 17 de junho, no Sumaúma Park Shopping. A mostra será formada por dez apresentações de crianças selecionadas por meio de audições abertas, realizadas em maio na Fundação Rede Amazônica. “A mostra de canto lírico é uma oportunidade dos talentos mirins da nossa cidade mostrarem seu talento e quem sabe, não encontramos os próximos talentos da ópera para os Festivais Amazonas de Ópera que virão”, exclamou a diretora administrativa da fram, Marcya Lira.

Sobre o projeto “Ópera em Rede”

Em alusão aos 25 anos do “Festival de Ópera”, a Fundação Rede Amazônica (FRAM) lançou o projeto “Ópera em Rede”, em parceria com a Secretaria de Economia e Cultura Criativa e do Governo do Estado do Amazonas. Com o objetivo de popularizar a ópera através de ações culturais e sociais para pessoas em situação de vulnerabilidade, o projeto é composto por exposição de ópera, pocket shows e ações socioambientais como plantio de árvores, doações de alimentos e uma campanha de combate à fome.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Murucututu: “coruja de óculos” é considerada a maior espécie do gênero na Amazônia

A murucututu ocorre em todas florestas tropicais das américas, mas na Amazônia já se tornou até personagem de canção de ninar.

Leia também

Publicidade