Manaus 30º • Nublado
Domingo, 14 Abril 2024

Previsões infalíveis para 2024

Todos temos as nossas previsões e profecias, senão para o mundo, pelo menos para as nossas próprias vidas. É interessante observar a de um casal que é muito bom nisto. Eles são um casal comum, que mora no mesmo país, na mesma cidade e na mesma casa. Suas previsões, porém, não são comuns entre si, sendo até opostas em quase tudo. O interessante é que elas têm se realizado ao longo dos mais de vinte anos em que estão casados. Sendo opostas, costumam acontecer, o que confirma a cada um que eles estavam realmente certos. Isto aumenta a convicção das suas profecias e previsões para 2024.
Cleverson afirma que será um ano muito difícil, como tem ocorrido nos últimos anos. Sua análise política e econômica destaca dados preocupantes, que tendem a se agravar ainda mais.

Mônica afirma que será um ano com muitas realizações, como tem sido os últimos anos. Sua análise política e econômica destaca dados positivos diante dos desafios, com indicadores de melhorias crescentes.

Uma das questões que mais afeta Cleverson é a sensação de insegurança. O noticiário diário não para de demonstrar como a sua cidade está cada vez mais violenta. Eles nunca foram atingidos diretamente, mas a ameaça chega cada vez mais perto. O bairro onde vivem, segundo Cleverson, está mais inseguro e ficará ainda mais em 2024.
Imagem: Reprodução/LinkedIn

Não é a percepção de Mônica. Ela reconhece os riscos, mas não se deixa influenciar pelo noticiário. Não traz para si o sentimento de ameaça iminente. Mônica se protege, toma os seus cuidados e leva o dia a dia com tranquilidade. Pensa que os riscos fazem parte da vida e que faz o que lhe cabe. Percebe que o seu bairro está mais seguro e que ficará ainda melhor em 2024.

Tendo os dois mais de sessenta anos, suas previsões incluem a questão da saúde. Cleverson, principalmente, preocupa-se com doenças e faz pelo menos, dois checkups ao ano. Mesmo quando os médicos dizem que está tudo bem, Cleverson sempre identifica algo em algum exame que está pior do que no anterior e que não chamou a atenção dos médicos. Como é detalhista, Cleverson vai fundo em qualquer desvio, evitando surpresas futuras. Em 2024, Cleverson estará um ano mais velho, o que o faz pensar que terá mais problemas de saúde.

Mônica prevê que será um ano em que estará ainda mais saudável, plena, física, mental e espiritualmente. A idade tem lhe feito bem. Ela lhe deu ainda mais leveza e a experiência a faz não levar tão a sério, pequenas coisas que antes chegavam a afetar a sua saúde. Vivia com dores de cabeça e frequentemente tinha problemas estomacais, fruto da alimentação que fazia. Hoje, Mônica tem uma alimentação orgânica e natural e faz os seus exercícios regularmente. É ativa na sua igreja, onde pode ser útil e raramente tem algum tipo de estresse de qualquer tipo. Apesar da idade, está muito longe de sentir-se velha e, ao contrário, a cada ano sente-se melhor. Em 2024 não será diferente, é o que prevê.

Será que Mônica e Cleverson vivem a mesma realidade? Moram na mesma casa, na mesma cidade e no mesmo país. Possuem idades muito próximas e a vida lhes oferece situações externas muito parecidas. O que os faz enxergar tudo de maneira tão diferente?

Em 2024, como tem acontecido todos os anos, ambos deverão estar certos em suas previsões, o que os tornará ainda mais convictos. Seus modelos mentais estarão ainda mais fortalecidos, o que pode ser mais uma previsão.

E você, que tipos de previsões você tem para 2024? Qual o seu modelo mental? 

Sobre o autor

Julio Sampaio (PCC,ICF) é idealizador do MCI – Mentoring Coaching Institute, diretor da Resultado Consultoria, Mentoring e Coaching e autor do livro Felicidade, Pessoas e Empresas (Editora Ponto Vital). Texto publicado no Portal Amazônia e no https://mcinstitute.com.br/blog/.

*O conteúdo é de responsabilidade do colunista 

Veja mais notícias sobre Felicidade no Mundo Corporativo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 14 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/