Manaus 30º • Nublado
Quarta, 20 Outubro 2021

Verdades Amazonenses

Verdades Amazonenses
Um novo conceito

Levon e Cris Topdijian levaram convidados, ao Coco Bambu, para conhecer o novo conceito de colchão da Probel. É o ‘revolution’. Maravilha! E olha quem estava lá para conhecer a novidade.
Ely e Cláudia Daou Paixão (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
Anne Cristine Cesar Cavalcante (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
Willian e Camila Bandeira David (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
Roberto Karanne (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
Noris Santesso e Cris Topdjian recebiam os convidados com total simpatia (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
Levon Topdjian apresentou o novo conceito para dormir bem (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
Luau Chique

Foi no Pier do Tropical com as Bandas Jamil e Um Noite e a simpática Melim!
Deu o show e levou a galera ao delírio (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
Banda Melim (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
Trend by Rodrigo Bapho

Noite agradável e fashion lá no Le Lieu, com gente de todas as tribos fashion, para conferir as novidades do verão 2019.
Competente Rodrigo Santos (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
As maravilhosas Bárbara e Lou no espaço Le Lieu (Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia)
Illumindas by Fabíola

hair stylist Fabíola Pena compartilhou suas técnicas de iluminação para profissionais da área  da beleza!
Modelos Bruna Thaíssa e Franciele Lins (Foto:Gabriel Gardinni)
Imagem da semana

Milton Caminha inaugura o gastrobar ‘Seu Sujinho’ com cardápio elaborado por quatro chefs de cozinha. Vale conferir!
Foto:Mazé Mourão/Portal Amazônia
Agende-se

Imperdível! Alcione, a Marrom, amanhã, no Dulcila’s da Ponta Negra.

Imperdível. Nos dias 1 e 2 de setembro, a programação do Passo a Paço com Elza Soares, Grande Encontro, leia-se Zé Ramalho, Alceu Valença, Elba Ramalho e, de quebra, a maravilhosa peça: ‘Grande Sertão Veredas’ com Caio Blat.

É isso!

Crônica
:

VERDADES 
AMAZONENSES
Foto:Reprodução/Shutterstock
A conversa não era comigo, na fila do banco, mas, se tem uma coisa que eu gosto de fazer, como todo amazonense, escutar e palpitar a conversa alheia.

A moça falava com a outra: “não entendo como ele (o banco), consegue tirar dinheiro do meu salário do mês que ainda nem venceu”! Resposta da colega: “mana é Big Brother, tem câmeras em tudo que é lugar aqui em Manaus”!

A outra, impaciente, retrucou: “o Ticão (nome fictício), nunca imaginou que eu ia descobrir a sirigaita e ele, lá no Coroado, dançando como se fosse o melhor dançarino do mundo. Tipo os bailarinos da Joelma!”

A amiga, visivelmente assustada, com a descoberta da suposta traição, fez a pergunta fatal: “tu vistes a cara da dita cuja?” Veio a resposta: “pior que não, ela estava com rosto coberto, mana! Eu nem sabia, nesses quatro anos de casada, que o Ticão dançava tão bem”!

Corta.

Puxa vida, chamaram o meu número e eu parei de ouvir o interessante papo. Indo para o guichê do caixa, levei duas certezas.

A primeira: a história do sumiço do dinheiro foi para as cucuias. E, segundo, mais tão importante quanto: antes de casar teste o noivo em um curso de dança, por favor. Chifre dói mais que a falta de dinheiro no banco. Ah, essas verdades amazonenses me encantam. Até.

Veja mais notícias sobre Fale com a Mazé Mourão.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 21 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/