Manaus 30º • Nublado
Terça, 06 Dezembro 2022

Penúltimo dia de apresentações de quadrilhas é marcado por muita alegria e emoção no tablado do Boa Vista Junina

WhatsApp-Image-2022-06-17-at-02.41.56-1

O público boa-vistense compareceu em peso para o penúltimo dia de apresentações da 22ª edição do Boa Vista Junina, realizadas na noite desta quinta-feira (16). As apresentações aconteceram na Arena Junina, localizada na Praça de Eventos Fábio Marques Paracat.

Penúltima noite de disputa. Foto: Prefeitura de Manaus/Reprodução

O grupo 'Sanfona Junina' foi o primeiro a se apresentar. Com o tema 'No São João troco um pedaço de pão por um pedaço de céu', eles levaram para o tablado uma reflexão sobre o contexto político brasileiro e as consequências da corrupção, principalmente, para a sociedade mais pobre.

Grupo mostrou as consequências da corrupção. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Em seguida, o grupo São Vicente, com o tema 'Mandioca: O ouro branco que brota da terra', levou para o tablado uma verdadeira homenagem para a mandioca, exaltando o seu valor tão nutritivo e representação para os brasileiros, principalmente, porque integra diversas receitas típicas e contribui para o desenvolvimento econômico do Brasil.

Mandioca foi homenageada pela quadrilha. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

No dia 11 de junho (sábado) era a vez do grupo 'Tradição Macuxi' subir ao tablado, mas uma forte chuva fez com que o grupo decidisse remarcar a apresentação. A equipe técnica integrou a performance na programação desta quinta-feira (16). Por esse motivo, às 22h, a quadrilha defendeu o tema 'Um mundo de cores, sabores e tradição'.

A 'Tradição Macuxi' abordou uma história de amor e dedicação. Eles envolveram o público com a história de amor entre uma feirante e um rapaz de família rica que precisaram lutar contra o preconceito para conseguirem o tão esperado casamento.

Escola teve uma segunda chance de se apresentar. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

A penúltima a subir no tablado foi a 'Furacão Caipira', com o tema 'Vida de pescador desbravando as águas do Rio Branco'. Na apresentação, mostraram como é a rotina de trabalho dos pescadores de Roraima, que fazem desse seguimento um dos maiores e mais importantes para a economia do Estado. Eles chamaram atenção para o cumprimento do período de defeso.

Grupo homenageou os pescadores. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Quem encerrou a noite foi a quadrilha 'Coração Alegre', com o tema 'Meu São João Colorido de Novo'. Eles mostraram para o público a importância de celebrar os momentos felizes e, principalmente, os reencontros com os festejos de São João.  

Foto: Divulgação/Prefeitura de Boa Vista

Programação

Por motivos diversos, a última noite de disputa que aconteceria na quinta-feira, será transferida para sexta-feira (17) com a apresentação das quadrilhas 'Garranxê' e 'Sinhá Benda', a partir das 20h.

Já a produção da Maior Paçoca do Mundo está a todo vapor! Neste sábado (18), último dia de Boa Vista Junina 2022, mais um recorde será quebrado. Na última edição presencial, foram servidos 1.050kg da iguaria e este ano, a expectativa é superar esse quantitativo na hora da pesagem.


Veja mais notícias sobre Roraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 06 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/