Manaus 30º • Nublado
Segunda, 06 Dezembro 2021

Crianças indígenas são 'sugadas' e 'cuspidas' por balsa de garimpo em Roraima

_aag340_20211014-191248_1

A Hutukara Associação Yanomami (HAY) divulgou na manhã de quarta-feira (13) a informação do desaparecimento de 2 crianças da comunidade Makuxi Yano, região do Parima, Terra Indígena Yanomami, no estado de Roraima. De acordo com os relatos das lideranças indígenas, dois meninos de 5 e 7 anos brincavam no rio que banha a comunidade , próximo à uma balsa de garimpo instalada no local, quando foram sugados e cuspidos para o meio do rio e levados pela correnteza.

A Associação entrou em contato com o Conselho de Saúde Indígena Yanomami e Ye'kwana (Condisi-Y) que acionou a Funai (Fundação Nacional do índio) e o Corpo de Bombeiros para se deslocarem ao local para as buscas dos corpos.

Foto: Reprodução / WWF

 "A morte de duas crianças Yanomami é mais um triste resultado da presença ilegal do garimpo na Terra Indígena Yanomami, que segue invadida por mais de 20 mil garimpeiros. Até setembro de 2021, a área de floresta destruída pelo garimpo ilegal superou a marca de 3 mil hectares, um aumento de 44% em relação a dezembro de 2020", diz nota assinada Dário Kopenawa Yanomami, vice-presidente da Hutukara Associação Yanomami.

O corpo do menino de 5 anos foi encontrado pela comunidade no fim da manhã. Mas, a outra criança, de 7 anos de idade, continua desaparecida.

Em nota, o Corpo de Bombeiros de Roraima informou que recebeu a solicitação do Condisi-Y sobre o afogamento de 2 crianças indígenas que teriam sido levadas pela correnteza de um rio na região do Parima, no município de Alto Alegre. Os mergulhadores iriam se deslocar no mesmo dia do ocorrido até a região para iniciar as buscas.

Confira na íntegra a nota divulgada pela Hutukara Associação Yanomami informando sobre o ocorrido

Foto: Reprodução

Antes do ocorrido, no dia 5 de outubro, o vice-presidente Dário Kopenawa Yanomami denunciou através das redes sociais, uma foto onde crianças Yanomami tomavam banho em meio a uma água barrenta, com a presença de mercúrio na composição das águas dos rios e lagos.

Confira:

Veja mais notícias sobre Roraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 06 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/