Manaus 30º • Nublado
Sábado, 21 Mai 2022

Por que Porto Velho e Rondônia celebram quatro "aniversários"?

Toda cidade e Estado comemora seu aniversário, mas Porto Velho e Rondônia possuem juntos quatro datas de celebração. Isso porque, no caso do município de Porto Velho, sua criação foi registrada em 2 de outubro de 1914, mas só em 1915 teve sua instalação. O mesmo caso ocorreu com o Estado.

Está confuso? Calma, que a professora de história Rita Veira explica: "O município de Porto Velho foi criado em 2 de outubro de 1914, ainda como município rural do Amazonas, porque na época não existia nenhuma unidade federativa, nem território federal que seria futuramente o que é Rondônia. Mas, por causa da distância entre a capital do Brasil, que na época era o Rio de Janeiro, e Porto Velho, a instalação, a festa comemorativa, a nomeação do primeiro superintendente - Major Fernando Guapindaia de Souza Brejense, que foi o primeiro prefeito - só aconteceu em 24 de janeiro de 1915. Por isso Porto Velho tem duas datas".

Vista aérea de Porto Velho. Foto: Reprodução/Prefeitura de Porto Velho

Com o Estado de Rondônia aconteceu praticamente a mesma coisa. "O Estado de Rondônia foi criado pela Lei Complementar N°41, no dia 22 de dezembro de 1981. Mas só houve festa de instalação, no dia 4 de janeiro de 1982", explica a professora.

Assim surge a curiosidade: Por que demorou tanto para instalar a capital, mas o Estado foi mais rápido? 

"Isso aconteceu porque o mesmo governador, que foi o último governador do Território Federal de Rondônia, também foi nomeado governador do Estado de Rondônia, Jorge Teixeira de Oliveira. Ele agilizou os trâmites nesse processo de transição", contextualiza Rita.

De acordo com a historiadora, quando Jorge Teixeira tomou posse como primeiro Governador de Rondônia, ele era próximo ao ministro Mário Andreazza, que na época era o Ministro de Desenvolvimento do governo de João Batista Figueiredo, último presidente da ditadura civil militar no Brasil. "Por isso as coisas caminharam mais rápido para ele e ele criou o Tribunal de Justiça, a Polícia Militar, o Tribunal de Contas etc.", comenta.

Vale lembrar que desde 2010, o dia 22 de dezembro não é mais feriado em Rondônia. "A Assembleia Legislativa atendeu o pedido da Fecomércio e resolveu transferir todas as comemoração em relação ao Estado para a data da instalação, em 4 de janeiro. Isso porque 22 de dezembro é próximo da véspera de Natal, um momento em que o comércio arrecada muito", informou a professora Rita Vieira.

Arte: Portal Amazônia

Veja mais notícias sobre Rondônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 21 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/