Manaus 30º • Nublado
Segunda, 30 Janeiro 2023

Harakbut, a pedra com formato de rosto humano na Amazônia Peruana

Harakbut, a pedra com formato de rosto humano na Amazônia Peruana

A Amazônia possui diversas histórias sobre cidades perdidas construídas em ouro, futuristas ou com esculturas gigantes, como 'El Dorado', 'Paititi' e 'Akakor'. Cidades escondidas na região amazônica que, segundo as diversas histórias, estão em áreas inexploradas no bioma, como Ratanabá.

Além disso, muitas descobertas realizadas na região intrigam pesquisadores, como os geoglifos e as pinturas rupestres, que são um mistério até hoje sobre as condições de suas origens.

Um desses mistérios é Harakbut, um rosto humano esculpido em uma pedra na Amazônia peruana, na fronteira com o Acre. Localizada na Reserva Comunal Amarakaeri em Madre de Díos, no Peru - que cobre uma área de 402.335,62 hectares -, a "escultura" misteriosa está em uma área considerada sagrada por um grupo indígena que leva o mesmo nome da pedra. 

Foto: ResearchGate/Reprodução

A estrutura foi descoberta em 1935, mas não existe nenhum registro histórico oficial de como surgiu ou foi encontrada. Por conta de sua semelhança com a face, a "escultura" é chamada de "O misterioso rosto de Harakbut". Acredita-se que ele apareceu por obra da natureza mesmo, mas há quem fale que foi resultado de mãos humanas ou até mesmo de extraterrestres.

Por conta de sua semelhança com um rosto humano, existe também uma teoria que os próprios antepassados da cultura Harakbut o tenham moldado. 

O mais curioso é que o rosto de Harakbut tem características e traços muito fortes, destacando-se no penhasco, como se um gigante estivesse adormecido no local olhando para longe. Por isso, algumas tribos que habitam a região consideram a escultura a presença de um de seus deuses.

O rosto gigante nunca foi objeto de estudo por parte dos arqueólogos.

Foto: Reprodução / ECA Amakaeri

Em 2021, o Ministério da Cultura (Mincul) declarou o sítio arqueológico Casa del Inca Patrimônio Cultural da Nação, que evidencia a presença dos Incas na reserva comunal Amarakaeri (RCA), localizada na província de Manu, departamento amazônico de Madre de Dios.

Foram mais de 20 anos de pesquisa no sítio arqueológico, que integra a área sagrada onde o rosto de Harakbut se encontra. No mesmo ano, o rosto sagrado foi reconhecido como Patrimônio Cultural da Nação.

Para chegar ao local é preciso fazer uma viagem de Puerto Maldonado até a comunidade de Puerto Luz (6 horas), depois se segue viagem pelo rio (um dia) e a viagem continua a pé (um dia e meio) até o local.

Veja mais notícias sobre Amazônia Internacional.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 30 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/