Manaus 30º • Nublado
Terça, 29 Novembro 2022

Veja como está o Selva Park, famoso parque aquático em Manaus abandonado há mais de 10 anos

Veja como está o Selva Park, famoso parque aquático em Manaus abandonado há mais de 10 anos

Na época dos anos 2000, um dos locais mais badalados e frequentados de Manaus (AM), era um parque aquático temático que está presente na memória de muitos cidadãos manauaras, que curtiam dar um 'tchibum' aos fins de semana: o Selva Park.

Localizado na avenida Torquato Tapajós, o parque aquático era um clube exclusivo para sócios, construído em 1986, em um terreno que pertencia anteriormente ao Balneário Elantur. No final dos anos 90, o novo parque aquático foi criado com a temática regional, fazendo justiça ao nome. 

Foto: Reprodução/No Amazonas é assim

A Falência do local

Nem apenas de dias bons, viveu o Selva Park. O clube possuía históricos de afogamentos, fazendo com que os frequentadores começassem a questionar a sua segurança, até então, sem vítimas fatais.

Até que em junho de 2006, um menino chamado João Paulo Souza, de apenas 3 anos, entrou na piscina de adultos do parque aquático, que acabou falecendo vítima de afogamento.

A família da criança processou o parque e ganhou o processo, em março de 2016, com a condenação de serem indenizados no valor de R$ 145 mil reais. Entretanto, a indenização não foi paga ainda. Em 2017, a empresa responsável foi intimada a pagar 10% mais uma multa do valor estipulado.

A teoria das pessoas na internet é de que esse acidente tenha causado a falência do parque aquático. 

Cenário de terror 

Após a falência, o lugar ficou completamente abandonado, sofrendo com as ações do tempo e da natureza. Em 2016, um perfil em uma rede social, mostrou como estava o parque, após tantos anos fechado. 

O cenário chocou a todos, com a aparência de um filme de terror. Veja algumas imagens:

Fotos: Reprodução/Facebook-Markson Jesus

O Parque Aquático atualmente

O Portal Amazônia buscou informações sobre a atual situação do Selva Park e encontrou um anúncio de venda online. O parque estaria avaliado no valor de R$ 42,6 milhões e ocupa uma área de 142 mil m².

Foto: Reprodução/OLX

O fotógrafo Marcus Evangelista Filho registrou, com o auxílio de um drone, os restos de construção que um dia foram o famoso e popular parque aquático e cedeu, com exclusividade ao Portal Amazônia, os registros de como anda o balneário atualmente. Confira as imagens:

Fotos: Marcus Evangelista Filho/Cedidas

Confira a visão panorâmica de como está a atual situação do que foi o Selva Park:

Veja mais notícias sobre Amazonas.

Veja também:

 

Comentários: 13

Ana Etelvina Farias em Segunda, 25 Abril 2022 13:51

Sou a mãe do João Paulo, citado na matéria. Quero esclarecer que sim, não recebi nada do selva park, mas o meu filho não foi o primeiro caso de óbito no clube, não foi por culpa dele que o clube em questão veio a falência. Meu filho foi o quarto caso.

Sou a mãe do João Paulo, citado na matéria. Quero esclarecer que sim, não recebi nada do selva park, mas o meu filho não foi o primeiro caso de óbito no clube, não foi por culpa dele que o clube em questão veio a falência. Meu filho foi o quarto caso.
Marcelo em Segunda, 04 Julho 2022 21:15

Eu lamento pela sua perda, dinheiro algum vale uma vida. Que Deus conforte permanentemente seu coração ?

Eu lamento pela sua perda, dinheiro algum vale uma vida. Que Deus conforte permanentemente seu coração ?
Deborah em Terça, 26 Abril 2022 08:12

Era um clube muito movimentado, sinto saudades de lá, não sabia que tinha sido fechado.
É muito triste vê essa situação,pois muitas crianças se divertiam.

Era um clube muito movimentado, sinto saudades de lá, não sabia que tinha sido fechado. É muito triste vê essa situação,pois muitas crianças se divertiam.
Arlizete de castro em Terça, 26 Abril 2022 08:24

Bom dia, é muito triste ver como está esse parque minha neta gostava de ir lá, outro dia ouvir no jornal que estão pensando em fazer o terminal 8,mas eu acho que seria melhor fazer um centro de convivência da família é colocar o nome da criança será mais útil a essa zona de Manaus.

Bom dia, é muito triste ver como está esse parque minha neta gostava de ir lá, outro dia ouvir no jornal que estão pensando em fazer o terminal 8,mas eu acho que seria melhor fazer um centro de convivência da família é colocar o nome da criança será mais útil a essa zona de Manaus.
Vic em Terça, 26 Abril 2022 12:03

Quer dizer então que uma criança de 3 anos morreu afogada e a culpa foi do parque ? Será que uma criança de 3 anos não deveria está com os pais em um lugar assim? Cadê a responsabilidade? Meu bem é muita hipócrita . Eu não pagaria multa nenhuma também eles que sofram as consequências de sua irresponsabilidade sozinhos . Se fosse um acidente que o próprio parte ocasionou mas não foi, então isso não tem lógica.

Quer dizer então que uma criança de 3 anos morreu afogada e a culpa foi do parque ? Será que uma criança de 3 anos não deveria está com os pais em um lugar assim? Cadê a responsabilidade? Meu bem é muita hipócrita . Eu não pagaria multa nenhuma também eles que sofram as consequências de sua irresponsabilidade sozinhos . Se fosse um acidente que o próprio parte ocasionou mas não foi, então isso não tem lógica.
Sandro em Quarta, 27 Abril 2022 09:40

Concordo ???

Concordo ???
Cicleide em Quarta, 27 Abril 2022 10:15

Exatamente penso assim,eu era sócia e nunca desgrudei do meu filho nem quando saia da piscina pra ir pras quadras,mas via muitos pais também aproveitando o lugar e deixando seus pequenos sozinhos ?

Exatamente penso assim,eu era sócia e nunca desgrudei do meu filho nem quando saia da piscina pra ir pras quadras,mas via muitos pais também aproveitando o lugar e deixando seus pequenos sozinhos ?
Cidadão em Terça, 26 Abril 2022 18:36

A responsabilidade maior de um filho são dos pais ou responsáveis pela criança naquele momento. Um local por mais seguro que seja não se pode deixar uma criança sozinha sem vigilância. Se fosse um acidente fatal no mar ou no rio, quem seria processado???? Lamento muito as perdas, mas a vigilância com crianças tem que ser constante. Indenização nenhuma traz de volta a nossa felicidade.

A responsabilidade maior de um filho são dos pais ou responsáveis pela criança naquele momento. Um local por mais seguro que seja não se pode deixar uma criança sozinha sem vigilância. Se fosse um acidente fatal no mar ou no rio, quem seria processado???? Lamento muito as perdas, mas a vigilância com crianças tem que ser constante. Indenização nenhuma traz de volta a nossa felicidade.
Angela Souza em Terça, 26 Abril 2022 22:39

Só ia nesse lugar quem tinha grana, até hoje vejo nos grupos de balneários de Manaus que as pessoas falam só vai quem pode, não é lugar pra pobres, taí o resultado de muita ganância, lucram tanto e agora tá esse lugar estranho, tantos balneários destruídos pela ganância, triste vê isso

Só ia nesse lugar quem tinha grana, até hoje vejo nos grupos de balneários de Manaus que as pessoas falam só vai quem pode, não é lugar pra pobres, taí o resultado de muita ganância, lucram tanto e agora tá esse lugar estranho, tantos balneários destruídos pela ganância, triste vê isso
Patrícia Gomes da Costa em Quarta, 27 Abril 2022 09:47

Também concordo com vc vic, a culpa foi dos pais pela falta de atenção não do parque,se dependesse de mim eu não daria Nei um centavo.

Também concordo com vc vic, a culpa foi dos pais pela falta de atenção não do parque,se dependesse de mim eu não daria Nei um centavo.
Sam em Sexta, 29 Abril 2022 19:22

Que pena, Manaus é muito carente de atratividades como parque aquático, tem o Hope parque, porém é fraco se comprarmos com grandes parques do Brasil, quem sabe um grande investidor faça a compra desse terreno e seja visionário e faça um super parque aquático em Manaus? Fé!!!

Que pena, Manaus é muito carente de atratividades como parque aquático, tem o Hope parque, porém é fraco se comprarmos com grandes parques do Brasil, quem sabe um grande investidor faça a compra desse terreno e seja visionário e faça um super parque aquático em Manaus? Fé!!!
Helen em Sábado, 30 Abril 2022 09:57

O que uma criança de 3 anos estava fazendo sozinha na área de adultos? Por acaso foram os funcionários do parque que induziram a isso? Se o balneário tivesse advogados bons, teriam contestado facilmente isso aí. Pra evitar mais problemas o parque deveria ter vetado a entrada de crianças, tendo em vista que antes era um lugar apenas para sócios e que pais não querem ser pais pra ter responsabilidades de estar de olho nas próprias crianças.

O que uma criança de 3 anos estava fazendo sozinha na área de adultos? Por acaso foram os funcionários do parque que induziram a isso? Se o balneário tivesse advogados bons, teriam contestado facilmente isso aí. Pra evitar mais problemas o parque deveria ter vetado a entrada de crianças, tendo em vista que antes era um lugar apenas para sócios e que pais não querem ser pais pra ter responsabilidades de estar de olho nas próprias crianças.
Nathalia em Terça, 15 Novembro 2022 18:05

Concordo plenamente com vc, eu fui nesse parque QUANDO era Criança e o responsável com que eu fui não deixava eu ir na área das piscinas de adultos, onde estavam os pais dessa criança? Eu sempre vou em banhos com meus filhos, e sempre fixo de olho neles pra não acontecer isso

Concordo plenamente com vc, eu fui nesse parque QUANDO era Criança e o responsável com que eu fui não deixava eu ir na área das piscinas de adultos, onde estavam os pais dessa criança? Eu sempre vou em banhos com meus filhos, e sempre fixo de olho neles pra não acontecer isso
Visitante
Terça, 29 Novembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/