Manaus 30º • Nublado
Terça, 31 Janeiro 2023

Palacete Guabiraba: conheça a história por trás do castelinho amazonense com arquitetura neogótica

castelinho-hoje

Em Manaus (AM), algumas construções dos tempos áureos da borracha ou de períodos sucessores acabaram ficando conhecidas como os castelos da cidade. Um deles é o Palacete Guabiraba, que recebeu esse nome como forma de homenagem ao promotor público e chefe de polícia da capital amazonense, Pedro Guabiraba, o primeiro proprietário do local. 

O patrimônio histórico fica localizado na rua Leonardo Malcher, no Centro de Manaus e existem indícios históricos de que a construção da estrutura arquitetônica foi erguida por volta de 1911. De acordo com informações do Jornal do Comércio, em 1913 o Palacete Guabiraba ganhou o título de Colégio Nossa Senhora de Nazaré, da professora Elvira de Paula Gonçalves, e tempos depois de Maria Theodora Gonçalves Angarita.

Primeiros registros do Palacete Guabiraba. Foto: Otoni Mesquita/Acervo pessoal

A estrutura arquitetônica ficou popularmente conhecida como 'castelinho' pelo seu estilo neogótico, sendo um dos poucos exemplares com esse estilo na cidade, chamando atenção com a estrutura formada por um telhado ornamentado com pontas de lanças.

Em 1957, durante o governo de Plínio Ramos Coelho, o local foi direcionado à sede da Imprensa Oficial do Estado do Amazonas (IOA). Para receber o maquinário necessário para o funcionamento, foi construído um pavilhão na parte de trás do prédio. 

Com exceção do pavilhão construído no final dos anos 1950 e do antigo portão, retirado e transformado em muro, o palacete continua com as características originais da fachada preservadas. 

Palacete Guabiraba, 2020. Foto: Pablo Potter/IOA

*Com informações do acervo do Jornal do Commercio/AM 

Veja mais notícias sobre Amazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 01 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/